Ter uma namorada é como piadas

Alguns dizem que ter um(a) namorado(a) gamer é tudo de bom..só que a gente descobriu que nem tudo são flores..Entrevistamos vários casais e descobrimos o que eles amam e o que eles não gostam em seus companheiros gamers. ... como é meu caso, ... - Ter uma namorada que compreende o quanto jogar é importante. Fácil namoro funciona melhor nestas circunstâncias. Ter uma namorada é uma verdadeira responsabilidade, e você deve estar se perguntando a menina para torná-lo oficial sobre os motivos que se preocupam com ela- -não sobre o que ela pode fazer por você. 2) Verifique se ela gosta de você para obter uma menina para ser sua namorada O bom de ser bobo é que você ri de coisas como essas. ... 17 piadas das quais você não vai se perdoar por ter rido. O bom de ser bobo é que você ri de coisas como essas. 3) Faça-la como você obter uma menina para ser sua namorada rápido. Para se ter uma menina para ser sua namorada rápido é muito importante para ela gostar de você. Quando você pode fazê-la gostar de você, então ela vai facilmente estar pronto para entrar em sua vida. Há muitas coisas que podem ser feitas para fazer uma garota como você. Ganhe dinheiro. É óbvio que você não quer uma namorada interessada apenas na sua grana, mas é bom ter dinheiro para poder gastar ao sair com ela. Use o seu dinheiro para pagar por coisas como combustível, comida, ingressos, presentes, etc. É bem provável que ela queira rachar as despesas, mas se ofereça para pagar tudo de vez em quando. Piadas de duplo sentido podem servir como alívio cômico em diversas situações. Confira uma lista deste tipo de piadas que você pode fazer: Amor, se você fosse um refrigerante seria soda. Porque no meu coração só dá você. A professora de Português pergunta pro Joãozinho: - Joãozinho, qual é o tempo da frase 'Eu cheguei à escola ... Como Conseguir uma Namorada. Você pode até achar que conseguir uma namorada é uma tarefa hercúlea, mas não é bem assim! Não desista. Comece por conhecer mais garotas em grupos de estudos, eventos e por meio de seus amigos. Em seguida, seja... Piadas Piadas De Cunhada - Coleção de piadas grátis. ... ALGUMAS DICAS DE COMO SE COMPORTAR NA CASA DA NAMORADA... 1° Mês: Nao Senta, Nao Toma Cafe, Tudo Est... Como Se Comportar Na Casa Da Namorada. ... Sogras Enviuvei, E Casei Com A Cunhada Para Economizar Sogra. Sogra é Como Carro A álcool, Você Ain... Sogra Que Mala!!!! Ser tão bonito como sua mãe crê que ele é.Ter tanto dinheiro quanto seu filho crê que ele tem.Ter tantas mulheres como sua esposa acha que ele tem.Ser tão bom de cama como ele mesmo acredita ser. Como cada pessoa também é diferente, vários caminhos levam ao seu objetivo. Às vezes você simplesmente tropeça em um relacionamento, outras vezes foi uma jornada árdua para ter aquela mulher especial ao seu lado.

Tenho medo de conversar com pessoas

2020.09.15 22:25 Yog-Shoghoth Tenho medo de conversar com pessoas

Desculpa o texto longo
Desde pequeno sou uma pessoa muito insegura, sempre sofri com bullying, seja verbal ou físico, de dentro e fora de casa, porém, nos últimos 2 anos, sinto que minha vida melhorou, hoje moro apenas com a minha mãe e estudo em uma escola bacana porém, ainda tem algo que me aflige.
Em todas as escolas que estudei nunca fui o garoto popular, sempre me sentei na frente e fiquei sozinho no intervalo, conhecia as pessoas porque elas vinham falar comigo para saber quem eu era, porém eu sempre gaguejava e morria de vergonha, ficava de touca longe de todo mundo lendo ( hábito que sempre tive muito por influência da minha mãe )
Porém, as pessoas que eu menos conseguia conversar eram garotas. Tipo, conseguia conversar tranquilamente com adultos, e com o tempo, aprendi a perceber sobre que assuntos eram mais fáceis de conversar com garotos, porém sempre tive problema com o sexo feminino. E, nesse últimos anos, as coisas melhoraram e pioraram.
Hoje estudo em uma escola em que não sofro bullying, fico um pouco mais tranquilo e tenho uns colegas legais, mas no começo do ano comecei a gostar de uma garota, a quem chamarei de N1. N1 era uma garota legal, que tinha gostos muito parecidos e a conheci por um amigo em comum porém no meio do ano, ela começou a namorar com um garoto e parou de falar comigo ( coisa que me deixou bem mal ) e eles ficavam se pegando no meio da sala de aula, o que me deixava meio incomodado, porém as coisas ainda pioraram.
Durante esse meio do ano ao qual fiquei mal, comecei a gostar de uma garota a qual chamarei de N2, bonita e popular, mas que sempre me tratou bem e me chamava de amigo, e, durante esses outros 6 meses, me apaixonei por ela, passava todas as aulas querendo fazer ela rir, contava piadas ( sempre fui péssimo nisso), ouvia como tinha sido o dia dela e sempre me preocupava com ela, uma das coisas que mais gostava de fazer era cheirar o cabelo dela, principalmente nos dias que ela o lavava, chegando ao nível de adivinhar quando ela o lavava e qual shampoo ela usou, chegava em casa e só ficava pensando/falando dela, e vivia pensando no seu sorriso.
No final de 2019/2020 eu mandei uma mensagem para ela me declarando ( coisa que foi um grande erro, visto que eu não conseguia falar isso para ela ao vivo ) e ela me respondeu dizendo que gostava de mim como amigo e que se desculpava se tivesse me feito mal ( pois ela se abria muito comigo e contava se tinha ficado com alguém ou estava gostando de alguém ) respondi para ela não se preocupar e beleza.
2 semanas depois ela começou a namorar com um garoto que ela tinha conhecido a 1 mês atrás, e no dia do seu aniversário, acabei não indo pois tinha medo de chegar lá e ver ela com ele, então acabei ficando em casa, triste. Quando nos voltamos as aulas, ela começou a ter uma mania de me contar sobre o seu relacionamento, desde as coisas que ele falava para ela até fotos dele, e, eu acabava não reclamando pois me sentia feliz dela me considerar amigo o suficiente para falar sobre essas coisas, porém isso me machucava muito, me deixava se sentindo um lixo. Cerca de dois meses depois eles terminaram ( ele traiu ela ) e, agora na pandemia, sinto que perdi o contato que tinha com ela, tenho vergonha/medo de falar com ela, e sinto saudades de ouvir sua voz, ver o seu rosto.
Me sinto um lixo por ter estragado a nossa amizade e me sinto o garoto mais bosta do mundo. Fico sempre pensando que sou um merda, o pior homem do mundo, que nunca vai conseguir ser ninguém pois é um covarde e fraco. Tenho uma mãe legal com quem consigo conversar, porém não consigo me abrir sobre essas inseguranças. Sinto como se eu fosse o único que não consegue ter alguém, seja um amigo ou namorada, e, sempre vi sobre esse esteriótipo de homem perfeito, que não chora nem sofre, e é um ombro amigo para as pessoas e, não consigo ser assim, muitas vezes deito em posição fetal e choro me sentindo um lixo, ou tento ficar jogando/lendo para esquecer minhas fraquezas. Nunca me considerei um garoto bonito, e, quando criança, não gostava de escovar os dentes, o que me fez ter 6 dentes estragados e 1 torto, agora tenho medo de beijar alguém, quanto mais sorrir, sinto vergonha de falar próximo das pessoas, estava indo ao dentista, porém com essa pandemia acabei parando.
Bom, esse é meu desabafo, e desculpe esse final ficar meio nice guy.
submitted by Yog-Shoghoth to desabafos [link] [comments]


2020.09.14 03:19 cnt_d_jgr_fr Uma ajuda aqui, /r/ desabafos.

Já pensei em fazer este tipo de post várias vezes antes, nunca seguia em frente, dessa vez decidi publicar. Já moí e remoí inúmeras vezes como começar, e escolhi esse jeito que foi diferente de todos os outros que pensei. Desculpem, eu escrevo muito, e não sei se vocês irão ter paciência de ler tudo. Se sim, obrigado;
É difícil saber onde começar, mas provavelmente deve ser pelo mal raiz: A depressão. Eu convivo com ela e a ansiedade já fazem anos e anos. Eu desde criança fui alegre, esperto, inteligente, (bem acima dos demais ao meu redor, que me cedia elogios de todas as partes) mas no geral, normal como qualquer um. Eu não sei se vou conseguir descrever todo o processo, mas a partir do final da adolescência se não me engano isso começou. No começo meus pais não ligaram muito e nem eu, mas com o tempo, foi piorando. Fui perdendo o gosto por coisas que sempre gostei, não tinha mais graça jogar video game que desde criança eu o fiz (e hoje em dia tenho inglês de nível avançado que aprendi como auto-didata) ou assistir alguma coisa de comédia, seja de qual tipo fosse. Hoje em dia é raro. Eu deixei passar e ela nunca ficou tão ruim, achei que não iria piorar, agora ela tomou conta de uma maneira que eu não consigo sentir. Eu acordo, levanto, como, sigo o meu dia, mas pareço um robô na maioria das vezes.
Existem circunstâncias que pioraram, eu sempre fui o risonho que fazia piadas e gracinhas, mas desde cedo tive a visão eu sabia que caso o palhaço saísse de cena o show iria acabar, e assim foi. Minha família sempre foi normal pra todos, mas entre 4 paredes ninguém sabia o que se passava, desde criança meu pai bebia, e isso causava brigas, xingamentos, até agressão acontecia. Acabou minha época de se palhaço quando a depressão piorou e a família agora tá pior que nunca. Minha mãe seguiu sempre com ele, acabavam as coisas ruins e tudo voltava ao normal. Ele nunca teve muita força emocional, quando acabava o dinheiro, ou aparecia uma dificuldade, queria afogar tudo no álcool. Minha família também nunca foi de sair, e eu sempre gostei de ler, de exercitar a mente de tudo que é jeito, e não saí ou fiz amigos quando me mudei. Cada um tem seus hobbies, eu sempre escutei isso e achei que apesar de ruim não era tão debilitante. Porém os anos passaram, passaram, passaram, hoje no meio de tantas crises (como a de 2008 por exemplo) meu pai já não tem mais emprego, e com todas as coisas que aconteceram voltou a beber. Problemas, dívidas, brigas, polícia, mais brigas, mais dificuldades, e tivemos que nos mudar pra uma cidade pobre e pequena. Minha mãe pensou que iria melhorar a nossa situação, resultado: Não melhorou.
Eu não tenho emprego (e duvido que encontraria alguém que me cedesse uma vaga, pra ter que toda hora tirar licença por causa de ansiedade) e os tratamentos que fiz nunca deram certo (só me deixaram pior) o que não é surpresa já que nunca morei em uma casa com uma família "normal" tem anos e meu stress está absurdamente alto. Não me dou bem com ele mas ainda convivemos todos juntos vivendo às custas do mesmo. Ele sabe que tem que nos ter perto pois a família mesmo não quer ele na casa deles. Minha mãe tbm n tem condições de trabalhar, meu pai voltou com a bebida e só deu uma trégua porque tem medo da pandemia mas ainda assim tem os dias de desespero dele que acha que se encher de álcool vai fazer os problemas sumirem, mas não sumiram e trouxeram um outro: Uma úlcera forte que é outro motivo pra ele beber e tentar mascarar a dor enorme e que recusa a tratar no médico mesmo com meu tio e tias querendo ajudar.
No presente, estou com 29 anos, nunca tive uma namorada, uma companheira, alguém pra dar e receber suporte nos momentos bons e ruins, isso porque sempre tive vergonha e achei que podeira acontecer como nos desenhos ou na TV e ter alguma que acabasse se declarando pra mim e não me fazer passar por isso. Nunca aconteceu. As pessoas dizem que ser BV e/ou Virgem são coisas impostas pela sociedade e não nos devemos se sentir mal por isso, mas a solidão dói. Dói muito. À noite é horrível, HORRÍVEL. Nem pra ser como uma dessas pessoas que arranjam uma mulher burra ou que também só tem interesse em um relacionamento rápido pra não ficar sozinha eu tenho sorte, parece que é uma opção inexistente e isso me deixa em um desolamento enorme. Sempre me achei feio ou estranho, fiz uma auto-reflexão e vi que não sou, e que existem casos piores, mas ainda assim todos ao meu redor estão conseguindo alguém, casando ou namorando ou movendo a vida pra frente.
Recentemente comecei o noFap porque vi vários benefícios que todos que tentam reportam. Após alguns dias tive um dos primeiros benefícios e senti mais disposição, mais confiança, só de sair na rua por causa de um compromisso consegui atenção de uma vizinha que morava aqqui por perto sendo que ela só me cumprimentava casualmente. Um dia depois e seguinte, voltou uma depressão, mais forte, sem vontade de fazer nada, sem apetite, e nenhum dos benefícios continuaram. Pretendo seguir mais, só que vai ser difícil porque minha cabeça tá MUITO mal.
Enquanto tava digitando esse post, no dia que pensei em mandar e não mandei, tava tão desesperado que tive pensamentos de acabar com tudo. As outras vezes que tive isso estava em situações ruins também em todos os lados. Pra piorar agora tem essa pandemia: Mesmo que melhorasse da D + A, não há empregos. Mesmo se quisesse ir pra algum lugar, há o risco. Estamos sobrevivendo da aposentadoria e de auxílio, e o dinheiro está acabando além do fato de que os problemas alimentam uns aos outros. Minha época de maior disposição física e maior apetite pra relacionamentos passou, e o tempo continuou correndo vertiginosamente. Queria perguntar à vocês o que eu poderia fazer pra tentar sair dessa, porque dessa vez tá muito difícil. Posso responder mais perguntas caso tenham alguma.
submitted by cnt_d_jgr_fr to desabafos [link] [comments]


2020.09.10 23:51 Helamaa 😳👉🏻👈🏻

a carência tá imoral e eu tô procurando uma namoradinha, se vcs conhecerem alguma mina que tenha esses requisitos, me avisem redpillada channer, dogoleira, wgtow, ancap, , jogadora de poker, bv, virgem, sem amigos, crente, fã da UDR,magrela, footlet,escuta Chico Buarque, weeabo, hikkimori, otaku, gameri, hetero,federal,trader de bitcoin,hacker, defacer, cubista, penspinner, recordista de memorização de baralhos, timida, mãe de pet, hidratada, não consumidora de açucar, saudável, youtuber, netolover, pooper, cambista, shitposter, anarquista, materialista, roquista, travesquista, mono talon vlogger, blogueira, e-girl, intolerante a lactose, intolerante a gluten, grinder e hipnóloga, fiel, niilista existencialista, metaleira, headbanguer, pelo no suvaco, patriota, masoquista, ballbuster, jogadora de minecraft, buceta fedida, que não tenha medo de chuta minhas bolas pelo amor de deus eu nao consigo encontrar uma menina pra chutar minhas bolas por favor deus eu imploro nao agusnto mais isso nao eh um meme porque voces tem medo de me chutar no saco. Raça: nórdica Altura: 170cm+ Pele: 1 ou 2 (Fitzpatrick) Olhos: 7+ (Martin) Cabelos: qualquer cor, mas apenas lisos ou ondulados (FIA) Nariz: reto ou virado para cima Crânio: dolico ou mesocefálico Óculos: não Aparelhos: não Queixo furado: não Covinhas: não Orelha presa: não Orelha de abano: não Franja em V: não Pelos no corpo: muito pouco Tatuagem: não Graduação: apenas cursos voltados à pesquisa Faculdade: apenas bem conceituadas Habilidades matemáticas: sim Idiomas: fluência em inglês e mais outro idioma Álcool, cigarro, drogas: não, nenhum Personalidade: introversão Cultura: europeia ocidental RELIGIÃO: Cristã Ortodoxa Gostar de escutar rogério skylab:
Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab. O humor é extremamente sutil e, sem uma compreensão sólida de filosofia moderna, a maioria das piadas vai passar despercebida pelo telespectador médio. Há também a visão niilista de Rogério, que está habilmente tecida em sua caracterização - sua filosofia pessoal se baseia fortemente na literatura de Nododaya Volya, por exemplo. Os fãs entendem essas coisas; eles têm a capacidade intelectual para realmente apreciar a profundidade dessas piadas, para perceber que elas não são apenas engraçadas - elas dizem algo profundo sobre a VIDA. Como conseqüência, as pessoas que não gostam de Rogério Skylab são verdadeiros idiotas - é claro que eles não apreciariam, por exemplo, o humor no bordão existencial de Rogério "Chico Xavier é viado e Roberto Carlos tem perna de pau", que é uma referência criptíca para o épico Pais e Filhos do russo Turgenev. Estou sorrindo agora mesmo imaginando um desses coitados simplistas coçando a cabeça em confusão enquanto as músicas se desenrolam na tela de seu computador. Que tolos… como eu tenho pena deles. E sim, a propósito, eu tenho uma tatuagem do Rogério Skylab. E não, você não pode vê-la. É só para os olhos das damas. E mesmo elas, precisam demonstrar de antemão que possuem um QI com diferença absoluta de no máximo 5 pontos do meu (de preferência para baixo).
Rotina, Habitos e interesses: Nofap + Banho Gelado + comer carne crua + comer virado pra parede + biohack + dormir no chão + Jordan Peterson + mewing + HBD + PUA + jelq + dormir 5 horas por dia + café gelado sem açúcar + hipismo + compilação mitadas Enéas + alho cru + podcast do Joe Rogan + redpill + Brain Force + Jejum + meditação iasd + músicas para concentração, foco e inteligência + teste de QI da internet + grupos de linhagem viking do facebook + ficar longe do poste de internet 4G + youtube do varg vikernes + essência de morango da turma da mônica no narguilé + jogar vape na cara de todo mundo que tentar entrar no bloco da faculdade + 5 segundos de calistenia no deserto do atacama + darkcel + óculos do aécio na foto de perfil + ler quotes do nietzsche no brainy quote + criar galinha no quarto sem os pais saberem + Alho cru + uma colher de azeite quando acorda e outra antes de dormir + jejum de 24hrs a cada 72hrs + assistir VT no premiere logo que chega do estádio + canal Ultras World + LibreFighting + Operation Werewolf + comprar os artigos do Paul Waggener + Centhurion METHOD + humilliation exposure com a finalidade de criar uma crosta na sua mente capaz de desenvolver uma resiliência que resiste à humilhação como se ela fosse nada + tomar banho descalço em chuveiro de academia com chão mijado + musculação caseira + hackear o sono + Empreender + 10 livros de auto ajuda por mês + PUA + Selo super fã da fúria e tradição + Biokinesis + 432hz music + Mexer o pau sem piscar o cú + meditação transcendental + veganismo + minoxidil para cultivar uma barba + filmografia Jason Stataham + assistir vikings + redpill + ir no cinema sozinho + treino saitama + coach quântico + enema de café + dieta lair ribeiro + agua alcalina + O Método de Wim Hof + sabedoria hiperbórea + artigos da Nova Resistência + Biblioteca do Dídimo Matos + dormir virado pra patede assoviando no escuro pra espantar o curupira + dar 3 pulinhos toda vez que levantar da cama + dizer amém quando um 1113 azul passar por você na rua + 100 flexões por dia + 6 meses de jelq + injaculação guiada + sociedade thule + energia vril + chapéu de alumínio para se proteger das armas psicotronicas emitidas pela CIA + caderno de anotações smiliguido + pedir a bênção ao carteiro toda segunda de manhã + 3 horas de academia + 4 horas de corrida + mascar café + exercícios penianos do Dr. Rey + maratona saga Rocky + trilha sonora saga Rocky + trilogia Mercenários + filmes do Jason Statham + assoviar o hino do Palmeiras de ponta-cabeça + intro do Canal do Nicola em loop + palestras do Antonio Conte + vídeos do Rodrigo Baltar + dicas do Gustavo Gambit + aulas de italiano + dormir ouvindo Ultraje a Rigor + ler Walden pelado na mata atlântica de madrugada + ouvir músicas em velocidade aumentada + canto gregoriano árabe + ensinar hino do botafogo pra calopsita + fritar comida com banha de porco + assistir videos de situaçoes de risco com a finalidade de se preparar para o perigo + Terapia Holistica com formandos da UFPR no Jardim Botânico + Radiestesia para harmonizar vibração da casa + Metatron 432HZ no YouTube entoando a oração EU SOU + ler O Código da Vinci + Jesus Quântico + Barra Fixa na praça de madrugada escutando audiolivro do Jordan Peterson na voz do cara dos Fatos Desconhecidos + grupo POPEYE AFIANDO A PIKA + MyInstants AEEE KASINAO + Memes do Fausto Silva + ler O Evangelho dos Animais + stories do Copini no Instagram + Canal SocialGames7 com Gustavo Gambit e CIA + textos de Raphael Machado (Nova Resistência) + ser ex-membro do grupo Comunismo Ortodoxo + Monja Coen + Fazer origami com papel do bis + perder dinheiro com maquina de pegar ursinho + fumar palheiro com o avô + quebrar palito de dente no meio depois que usar + rezar Pai Nosso em aramaico + tentar se comunicar com o ashtar sheran + virar catequista e passar Plínio Salgado para as crianças + Limpeza de 21 dias de São Miguel Arcanjo + arrancar a fimose comendo cu apertado de galinha caipira + Regata branca WifeBeater com calça jeans clara e bota marrom + Ingressar na legiao estrangeira + Comprar toras de eucalipto pra reproduzir o centurion method mas nunca começar o treinamento + vender máquina de cartão de crédito + ler os escritos do Unabomber + Escutar a discografia do Paul Waggener + ler todos os livros do Pavel Tsatsouline + ouvir rap eslavo de cunho político suspeito + café com um cubo de manteiga dentro precedendo a primeira refeição do dia + beber 2L de leite por dia + Stronglifts 5x5 + Dieta Cetogênica + Canal Jason PROJETO GIGA + Cd do TRETA + comprar torre de chopp no prensadão + 2 cápsulas de Tadalafellas antes do sexo + só comprar comida japonesa importada pra dieta + comer arroz sem sal com peixe cru sem tempero enrolado em folha do fundo do mar + memes da página Dollynho Puritano + Deus Vult na capa do Facebook + acessar o dogolachan pelo computador da escola pra postar fanfic gay do Gilberto Barros + Trollar atendentes do mcdonalds no habbo hotel + ligar para o Motel Astúrias perguntar quando custa a bolacha Bauducco que aparece no site + Mandar entregar pizza na Rua dos Tamoios casa n°18 com portão vermelho + cosplay de russo no Omegle pedindo pra mostrarem a bunda + Dormir imaginando uma linha pra fazer viagem astral + recitar Homero pra mendigo + tomar antibiótico no café da manhã + Meditar imaginando o raio de luz violeta que representa a energia transmutadora + Workshop Reiki do Canal Luz da Serra MULHERES TERRAPLANISTAS RALEM.
Primeiro de tudo! Vai tomar no cu, MULHERES terraplanistas! Junto com todas que me contrariaram nos últimos meses falando "dur hur você não sabe nada de paleontologia, vai assistir seus desenhos filipinos e não encha o saco". TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! LERAM DIREITO? TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! A farsa ficou tão óbvia, que eles não tem mais como esconder que TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! Alguns mais penas, outros menos penas, MAS TODOS TEM. E aproveitando no mesmo vídeo, NÃO TEVE METEORO PORRA NENHUMA! Provavelmente as mudanças climáticas naturais, junto com a separação gradual dos continentes, é que extinguiu a mega-flora e a mega-fauna. E se teve algum meteoro, apenas acelerou o processo em uma região muito especifica. Agora só falta as ((especialistas)) e a (((Academia))) admitir que dinossauros nunca existiram e que foi tudo um erro grotesco de interpretação de pessoas que não sabiam que caralhos eram aqueles esqueletos. São apenas aves e mamíferos ancestrais de milhões de anos atrás. E antes que eu me esqueça, vai todo mundo que me contrariou tomar no cu!
GOSTAR DE MIM POR QUEM EU SOU E NAO PELA MINHA APARENCIA
Sério, de verdade, ser uma pessoa bonita não é fácil em nossa sociedade atual; não é só os olhares de desejo das mulheres e dos homens que me incomoda, e sim, o fato de ser só isso para as pessoas. Sou muito mais que apenas um cara bonito. Tenho qualidades além dessas, e saber que as pessoas não ligam para elas, pois estão entorpecidas de anseio pela minha formosura, me entristece muito.
Não suporto mais ser bonito. Tudo que eu queria era poder nascer de novo num corpo de uma pessoa feia, pois sério, vocês não sabem como me dói saber que por culpa de algo que nasceu em mim (a incrível beleza), serei rotulado eternamente por isso.
Eu trabalho, estudo, procuro, conheço, aprendo! Sou um ser-humano como qualquer outro e não só mais um rostinho bonito.
Pergunta antes de eu poder te namorar: Você é ocultista?
Essa é a pergunta de um milhão de dólares que raramente vejo sendo feita.
Se você ainda não for, pra se tornar minha namorada precisará ser e aqui está como fazer isso
É fato que a maior parte da literatura especializada ocidental acredita em Deus e Cristo, somente olhando-o por uma lente diferente. Não há um ritual que lhe aproxime de Deus, as coisas raramente são tão simples. Entretanto, com estudo e meditação o caminho começa a ficar mais claro.
Entenda que não sou nenhum senhor da verdade, e o que te falo hoje posso descobrir ser mentira amanhã. Saiba também que um dos maiores problemas desse meio é a falta de um início claro, sendo as obras tidas como introdutórias porcarias completas. Dito isso, lhe respondo o seguinte:
  1. O caminho mais completo para se aproximar do que você quer começa com noções do pensamento Helênico. Entenda que boa parte da visão de mundo cristã vem da antiguidade clássica, principalmente as noções de harmonia e belo. Não te peço para ler tudo o que já foi jogado ao chão pelos gregos, mas saiba um pouco das origens das coisas. Tenha uma ideia básica dos quatro humores gregos, e que essa é uma das origens para atribuirmos personalidades aos elementos da natureza. Entenda um pouco dos seus deuses e Cosmos, porque eles serão utilizados no futuro de forma metafórica em textos. Saiba que quando aparecer um hermafrodita em um texto especializado não há conexão com desvios modernos, mas com um simbolismo mais antigo (Salvo engano, sua origem é Platônica. Mais especificamente, O Banquete, durante os discursos sobre amor).
  2. Entenda que boa parte da origem da magia ocidental vem da confluência da cultura grega com a egípcia, incluindo a alquimia. A tábua esmeralda é um texto obrigatório. Leia um pouco sobre o Axioma de Maria, A judia. Aprenda um pouco da simbologia alquímica, porque será importante para você no futuro. É dentro da alquimia que irão discursar sem final sobre a trindade (pelo menos os da corrente de Paracelso). Não se pretenda nenhum mestre dos espagíricos, porque os químicos farão isso melhor do que você. Entenda que não havia essa separação absoluta entre o material e o espiritual, então os dois conhecimentos andaram juntos ao decorrer da história. Entenda também que haviam escritores voltados especificamente para a alquimia espiritual, enquanto outros à química.
  3. Estude a Cabala. Eu entendo que para alguns seja difícil dar atenção à Cabala Judaica com o surto conspiracionista chanístico sobre a índole de todo um povo, mas querendo ou não o judaísmo é o Pai da fé cristã, sendo Jesus judeu. Entenda que a árvore da vida é um estudo sobre Deus e suas emanações, e dela virá uma boa parte de seu conhecimento.
  4. Leia as coisas atuais sobre o assunto. Dê atenção aos escritores herméticos, principalmente.
Ocultismo é um saco, pelo menos se você for estudar seriamente. Você pode perder a vida se tiver um projeto ambicioso como se aproximar de Deus.
Você também pode pular algumas etapas no que te falei. Sobre a parte do pensamento grego, saiba que boa parte é "dispensável". Dito isso, recomento que entenda um pouco sobre o funcionamento do Cosmos de Ptolomeu. Entenda também alguns dos símbolos planetários, porque seu entendimento irá lhe ajudar no futuro.
Pra me namorar também tem que gostar dos animes:
Akame ga Kill! Akarui Sekai Keikaku Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Criminale! Dog Style Domina no Do! Eden no Ori Evangelion Fullmetal Alchemist K-on! Naruto Shingeki no Kyojin Yu-gi-oh
Sobre assistir Yu-gi-oh; quando eu era adolescente, gostava (na época que passou na TV Globinho e era moda), mas hoje em dia não gosto mais; então não assistiria de novo.
Quanto às minhas lembranças marcantes de Yu-gi-oh:
Em 2003, Yu-gi-oh era moda e todo mundo na escola da quinta e da sexta série jogava com cartinhas piratas, já o pessoal da sétima e da oitava não se interessava. A propósito, em 2003 tiveram duas grandes modas de brinquedos baseados em animes, cartinhas de Yu-gi-oh e Beyblade. Outro brinquedo que todo mundo da quinta e da sexta série levava pra escola em 2003 depois que passou a moda de Yu-gi-oh e começou a moda da Beyblade era a Beyblade.
Outra lembrança marcante que tenho de Yu-gi-oh é que em 2003 na escola o pessoal criava suas próprias cartinhas, fazendo desenhos e estatísticas.
Fujimura-kun Mates Gantz Gou-Dere Bishoujo Nagihara Sora♥️ Higurashi no Naku Koro ni Kai: Matsuribayashi-hen Hitsugi no Chaika Ichigo 100% Ichinensei ni Nacchattara In Bura!: Bishoujo Kyuuketsuki no Hazukashii Himitsu Jigokuren: Love in the Hell Jinzou Shoujo JoJo no Kimyou na Bouken Part 4: Diamond wa Kudakenai JoJo no Kimyou na Bouken Part 5: Ougon no Kaze JoJo no Kimyou na Bouken Part 6: Stone Ocean JoJo no Kimyou na Bouken Part 7: Steel Ball Run Kaibutsu Oujo Lucky☆Star Mahou no Iroha! Mahou Tsukai Kurohime Monster Hunter Orage Mujaki no Rakuen Needless Zero Nyotai-ka Onihime VS Oretama Perowan!: Hayakushinasai! Goshujinsama♪ Re:Marina Rosario to Vampire Saitama Chainsaw Shoujo Sankarea School Rumble Shingetsutan Tsukihime Shocking Pink! Shurabara! Sora no Otoshimono Sora no Otoshimono Pico Akame ga Kill! Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Dorohedoro Nekopara Pet Toaru Kagaku no Railgun Magia Record: Mahou Shoujo Madoka☆Magica Gaiden Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita. Isekai Quartet 2Isekai Quartet 2 Ishuzoku Reviewers Somali to Mori no Kamisama Eizouken ni wa Te wo Dasu na!Eizouken ni wa Te wo Dasu na! Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu.Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu. Jibaku Shounen Hanako-kun Haikyuu!!: To the TopHaikyuu!!: To the Top Darwin's GameDarwin's Game Kyokou SuiriKyokou Suiri Plunderer
PRE REQUISITO: GOSTAR DE FILMES DE FAROESTE.
IMPORTANTE: Se você gosta de filmes de super heroi, pare de ler e va se foder.
Se você é assim, fique longe de mim.
NÃO QUERO AS MULHERES QUE: As que falam palavrões As que fumam As que usam drogas As que postam foto com bebida Que bebem (menos 🍷, isso é coisa de dama) As que vão para balada, festa, rave etc As que postam foto com decote ou sensuais
Há uma coisa que eu quero que você entenda sobre nós os homens.
Quando você colocar uma foto sua nua no facebook, fazendo uma pose gostosa, mostrando os seios ou como vemos em várias fotos mostrando o bumbum ou deitada sedutoramente em sua cama, a única coisa que você faz é que as pessoas tenham desejo sexual por você, claro em A maioria dos casos por parte de homens.
Eu sei que você vai ficar tão emocionada com os 500 likes, 120 comentários e as inúmeras mensagens privadas! Você vai querer postar cada vez mais fotos para se sentir cada vez mais no topo.
Mas há algo importante que você precisa saber:
Na verdade nenhum desses caras que gostam, comentam ou enviam mensagens privadas te ama. Tudo o que eles querem é usá-la e depois atirá-la para o lixo, para ser honesto nenhum deles a levaria para sua casa para ser sua esposa, acredite em mim, você para eles não é mais que uma menina de programa em busca de popularidade barata No Facebook.
Os homens ricos os que tem o que você procura "dinheiro" ou os pobres admiram as mulheres que se vestem com decência e se respeitam. Uma vestimenta decente que não revela muito o seu corpo, leva-os a amar e a respeitar-te, isto a simples vista nos diz que és uma mulher virtuosa, alguém a quem se pode levar para casa para ser esposa e mãe.
Isto em muitos casos diz-lhes que você foi criada com princípios morais e lhes dá detalhes do seu bom histórico familiar.
Eles não se preocupam muito com a maquiagem excessiva, uma mulher digna de propor casamento sempre se distingue do monte, não importa como.
Valoriza seu corpo, lembre-se que para encontrar diamantes é preciso cavar, respeita, e um verdadeiro homem vai te respeitar de um modo ou de outro.
Mas você terá muito respeito: Mulher, não mostre seu corpo no facebook, você não sabe que tipo de pessoas, venha suas coisas, você é uma mulher bela, não precisa de fotos, nem mostrar tanto, você pode conquistar com sua simpatia, com seu educación con seu sonrrisa,
As que já ficaram com amigos seus, ou que ficam com mais de 3 em um único ano As que não trabalham ou estudam (ou que estão em um curso irrelevante de humanas) As que não sabem o básico de uma casa, como lavar, passar roupa, cozinhar, trocar fralda, etc As interesseiras As que estão pedindo presentes sempre As que já estão comprometidas As não gostam de crianças ou dizem que não querem ter filhos (pessoas que não querem ter filhos não são confiáveis) As que tem piercing de bufalo
submitted by Helamaa to smurfdomuca [link] [comments]


2020.09.10 05:47 Cadaverin Me sinto sozinho

Como se palavras e validações de completos estranhos fosse me ajudar em algo, aqui estou novamente. Já vim lhes dizer que me sentia poeira, que morreria sozinho. Já contei da minha ex-namorada (aquela que abriu um buraco na minha alma e na sequência cagou nele). Dar-lhes pedaços de minha vida era ao mesmo tempo um refúgio e uma maldição. O primeiro porque me permitia dar vazão aos espíritos que me sobrecarregam os ombros; o segundo, pois achei que me faria bem.
Mudou em nada, claro.
Faz 1 ano que terminamos. Eu estive com outras mulheres no ínterim. Nenhuma delas conseguia extrair meu sorriso mais sincero. Risadas falsas com piadas a la carte, e nada disso era real. Quando fechava os olhos para beija-las ou enquanto chegava perto de um orgasmo, sua imagem era a única que me vinha a mente. Formosa, esbelta, lendo meus olhos como se fossem seu livro preferido e mostrando sua satisfação em um sorriso enorme. Torto. Lindo.
Faz pelo menos 7 meses que não relaciono com ninguém além do meu cigarro. Não os brancos, falo de tabaco, daquele que você põe na seda, enrola e fuma. Habilidade essa que aprendi com ela também.
Pequenos cacos fazem uma grande janela, e muitos desses pedaços foi ela quem colou. Alguns desenhados a mão, outros roubados de um supermercado qualquer. Olhar para fora é ve-la em fragmentos, obstruindo a luz; uma miragem. Não importa quantas pedras eu arremesse, a vidraçaria continua intacta onde ela tocou, e estilhaçada onde não esteve.
Eu devo muito a ela. Primeiro por me ensinar a ser humano. Substituir meu processador por um coração e me mostrar que nem tudo na vida é racionalização. De suas mãos vieram o calor que deram partida no meu maquinário, assim como foram suas palavras que guiaram o condutor. Sei que muitas coisas são recíprocas, mas já não ouço mais o cantor deste pássaro. Ele pode ter feito ninho longe daqui, como pode ter sido devorado por predadores a espreita.
Devo-lhe também meu vazio. As coisas boas se foram todas, assim como as ruins. Não é verdade que quem não sorri também pensa em sua morte - de alguns cenários se ausentam ambos. As vezes caminhamos sem rumo, as vezes saltamos sem paraquedas. Nada é certo além de quem somos.
Ninguém demonstra interesse por mim como você fez um dia. Meu estigma talvez escorra, feda, afaste. Não sei se por medo de nunca atingirem seu tamanho ou por saberem que minha luz se apagou. Eu não tenho muito a oferecer além de quem sou, e agora que fui roubado de mim, sequer tenho isso.
Obrigado por me matar. Eu não teria coragem de fazer isso sozinho. Agora experimento o que sempre ouvi de seus lábios ser seu maior medo.
Descartável.
submitted by Cadaverin to desabafos [link] [comments]


2020.09.05 13:58 tOKYOFF Minha namorada terminou comigo

É isso, minha namorada terminou comigo. Após 4 anos e 2 meses ela terminou comigo por mensagem.
Namoramos por 4 anos, sempre tivemos brigas mas sempre nos resolviamos na conversa, sem desavença sem remorso. No final do ano passado como de costume eu vou para Natal ver minha família e como não sou eu que marco o dia de volta das passagens, acabei voltando apenas em fevereiro, ela ficou chateada mas tudo ficou de boa, foi me buscar no aeroporto e tal. Seguimos o ano normal, saimos e tal, até que chegou a pandemia (esqueci de mencionar que ela conseguiu um estágio em São Paulo no começo do ano), ainda nos viamos normal já que a doença ainda estava "controlada". Quando começou a quarentena deixamos de nos ver já que ela continou trabalhando e eu como grupo de risco, não queria pegar 3 ônibus pra ver ela. Meu pai sabia que não ia dar certo a gente se separar por muito tempo já que vivíamos grudados e se ofereceu pra buscar e levar ela todo fim de semana. Foi perfeito, ela não trabalhava de fim de semana, seguimos todos os protocolos de higiene e ficavamos felizes.
Em um fim de semana ela veio pra cá, super feliz, passamos o dia felizes, fizemos churrasco e tal. Uma semana depois ela termina comigo por mensagem... eu sou extremamente apegado e praticamente me humilhei pra que aquilo não acontecesse, marquei de nos encontrarmos para conversar melhor. Long story short, ela não queria mudar de ideia porque diz que demorou pra tomar essa decisão. Ela me diz que sente que não é mais o mesmo relacionamento, que estavamos empurrando com a barriga porque a gente não conversava mais (completamente descartando o fato de que ela não usa o celular direto e passa parte do dia trabalhando), expliquei que a gente não tinha mais tempo pra conversar e disse que mesmo assim eu sempre tempo todo dia conversar com ela, ficou irritadada e disse "nem transamos mais" (no meio de uma pandemia????) e eu disse que podiamos resolver tudo, não precisava de tudo isso, mas não adiantou.
Agora depois de um mês continuo triste, não tenho coragem de tirar nossa foto da mesa. Meus amigos apenas falam com e esqueceram que eu também estou sofrendo. Tenho que ver os posts dela no face praticamente fazendo graça do nosso término (piadas de "você já terminou um namoro mas...", "você casaria comigo sabendo que...") e isso machuca porque ela passa por isso como se 4 anos não fosse nada. Nem eu nem ela contamos para alguns amigos e família e nem sei como iremos fazer isso, vou ter que explicar pra toda minha familia que terminamos e ficar triste a cada pergunta dela.
Sentirei falta da família dela.
Minha ideia não era dizer tudo isso mas acabou que ficou desse tamanho, como a única pessoa que era minha amiga era minha namorada preferi desabafar aqui mesmo, onde infelizmente sei que vou ter mais ajuda do que meus "amigos". Só de vocês lerem será de enorme feito pra mim, gostaria de agradecer este sub, há pessoas de muita compaixão aqui.
Bom, vale mencionar que tive uma época com depressão e possuo ansiedade extremamente forte então continua difícil superar isso mas deixarei que me dêem conselhos.
submitted by tOKYOFF to desabafos [link] [comments]


2020.08.29 00:32 anon_jvitor Amizade com homem é um saco e com mulher é inviável

Tô aqui quase chegando nos meus 30 anos e começo a perceber algumas coisas sobre amizades. Sempre fui um homem que só tinha amigas. Amizades entre pessoas de sexo oposto heterossexuais sempre têm alguma coisa de sexual. Já recebi elogios de amigas, já elogiei, já tive amigas que me deram indiretas, enfim. Mas apesar disso considero que são amizades verdadeiras. O problema é que com um namoro de longo tempo, parece que a amizade com mulheres se torna um problema. Tenho tido muitas discussões com a minha namorada por questões de ciúmes. Aos poucos, sem querer, estou me afastando das minhas amigas. Algumas amigas minhas também entram em relacionamentos e acabam ficando mais distantes comigo, acho que por medo de gerar ciúmes no parceiro. Fazer amizade com homens é um saco. Não dá para falar de sentimentos com um amigo do mesmo sexo, que eles fazem piada. Os caras vem falar de futebol e de um monte de coisas que não me interessam. Simplesmente não dá para manter um assunto. Fora a merda que é ter que ficar o tempo todo reforçando a minha heterossexualidade. Outro dia eu estava com o meu orientador em uma viagem, um cara quase 20 anos anos velho que eu, casado, com filhos. Aí ficamos em um quarto que só tinha uma cama de casal. Eu perguntei inocentemente se nós íamos dormir naquela cama, e ele respondeu: "não!!! dois homens na mesma cama??? Tá doido???". Eu fiquei sem entender a situação. Como assim ele tem medo de virar gay só por dividir a cama comigo? Ele é casado com uma mulher, eu tenho namorada, e ele tem medo de virar gay por dormir na mesma cama??? Me poupe! Enfim, não consigo fazer amizade com homens por causa dessas coisas, acho que o jeito é entender que eu não posso mais ser como o jovem solteiro que vivia cercado de amigas, e que eu também não posso ser amigo dos homens, e que a vida é, de fato, solitária para um homem hétero que a vida toda manteve amizade somente com mulheres.
submitted by anon_jvitor to desabafos [link] [comments]


2020.08.16 12:36 Mrgamer17 Acho que tô ficando carente demais

Eu ando pensando talvez até demais nas coisas, tenho amigos que se eu chamar pra qualquer coisa eles vão e ficamos zuando, uma família que me ama e tem o maior carinho por mim, mas ainda sinto um vazio dentro de mim, no meu fundamental (depois do 5º ano) eu comecei a me interessar mais pelas garotas, como qualquer um nessa idade, mas sempre fui tímido e abordei as coisas de maneira que eu sempre era motivo de piada depois disso por uns dois anos. Então no 9º ano aquelas piadas já tinham parado mas eu ainda tinha uma auto estima baixa, até que conversando com um amigo ele me apresentou, logo no primeiro dia, as amigas dele que ficavam conversando com ele, aí eu fui falando mais com elas e me soltando mais, padrão de amizades novas, até descobrir que uma delas gostava de mim e acabei namorando ela por uns 5 meses escondidos do pai dela, terminamos pq o velho descobriu. Depois disso minha auto estima voltou ao normal e se mantém assim até hoje, porém, eu fui vivendo meu ensino médio normalmente até o 2º ano, sem ter arranjado outra namorada até então, até que depois de uns eventos nesse mesmo ano eu comecei a sentir falta de uma namorada outra vez, e eu geralmente gosto de ver animes que tem romance mas toda vez que eu vejo um, parece que essa falta fica ainda maior, meio que tô nessa até hoje, no último ano do ensino médio, e não quero ter que usar Tinder e essas coisas pq geralmente as pessoas lá querem sempre algo casual, e ainda por cima não tem como eu conversar com meus amigos sobre essas coisas pq geralmente eles ficam em situações parecidas.
submitted by Mrgamer17 to desabafos [link] [comments]


2020.08.08 08:17 Peixefaca Serei o babaca por cortar relações com o meu pai?

Irei começar desde o início, ou seja, desde a infância do meu pai para contar as coisas por ordem cronológica e também contar os dois lados.
O meu pai foi o último de 6 irmãos, isto nos anos 70 que em Portugal foi durante a ditadura. A vida nunca foi muito fácil para a família. No aniversário do meu avô, ele tinha ido ao centro da cidade para comprar bilhetes da seleção de futebol da localidade... o meu avô foi de bicicleta e um bêbado a conduzir, atropelou-o e o meu avô faleceu. O meu pai tinha somente 3 anos, uma mulher com 6 filhos para cuidar sozinha nos anos 70. O meu pai nunca teve um pai propriamente dito porém o meu tio mais velho foi a figura paternal do meu pai e da família, era ele que trabalhava para sustentar a casa, era ele que batia nos meus outros tios quando eram apanhados a fumar e etc. Quando o meu pai tinha 14 anos, o meu tio (com 23, creio) suicidou-se de uma linha de comboio/trem. O meu pai nunca teve uma figura paternal desde então. Depois disso, vários dos meus tios, sem supervisão parental, começaram a consumir drogas e isso inclui o meu pai que aos 14 também, largou os estudos para ir trabalhar. Passaram-se alguns anos e ele mudou o rumo. Largou as drogas, andou numa clínica de reabilitação e arranjou um emprego, nuns anos avante, ele conheceu a minha mãe e aqui estou eu.
Agora que apresentei a história dele, passemos à minha. O meu pai sempre foi bastante ausente, quando eu era criança ele chegava sempre cansado e mal estávamos tempo juntos, ele gritava quando eu cobrava a atenção dele e nunca tivemos uma ligação forte, dado que ele não prestava o mínimo de atenção à família porque achava que sustentar financeiramente era o suficiente. Com os meus 6 anos, o meu irmão nasceu e o meu pai ausentou da mesma maneira. Passou-se um ano e os meus pais separaram-se, a minha mãe foi muito forte porque o meu pai virou grande parte do círculo social dela contra ela, e ainda tinha que sustentar dois filhos! Passaram-se 3 anos e eles resolveram os desentendimentos e juntaram-se. Vale realçar que esses 3 anos eu senti-me livre de medo, o meu pai sempre gritava e intimidava. A minha irmã nasceu e o meu pai não aprendeu nada... Agora, irei realçar pontos importantes para prosseguir a história: o meu pai sempre me deu uma educação machista: mulheres não podem usar roupa curta, gays são doentes e Deus é tudo, obrigava-me a ir na igreja e diminuia-me à frente da família e amigos. O meu pai normaliza bastante assédio, pratica-o e deixei de sair com ele porque não queria ser visto como igual. Por grande parte da minha vida eu fui homofobico e machista, eu fazia "piadas" com meninas que as deixavam mal, até hoje culpo o meu pai, pois eu era uma criança na altura. Por causa dessa inferiorização, virei uma criança tímida e cheia de medo dd ser julgado, atualmente ainda me causa alguns transtornos mentais. Aos meus 14 anos, fui diagnosticado com cancro (linfoma) no último estágio com metástases nos ossos e a se iniciarem nos pulmões. Foram meses muito duros, tive que ficar fechado em casa por 6 meses (é pessoal, essa quarentena é meio leve pra mim) porque eu tinha a imunidade super baixa; na altura eu não tinha nada com que me entreter e queria jogar com amigos meus, achei boa ideia conversar com os meus pais em comprar um pc gamer, a minha mãe hesitou mas o meu pai começou a gritar e chamar-me de ingrato, levantou-me mão e empurrou-me pra trás. Não basta dizer que passei o resto da quimioterapia isolado, né? Depois disso este tipo de discussões foi mais habitual porque desde aí que comecei a me revoltar. Depois dos tratamentos terminarem (sim pessoal, até hoje estou bem :3) decidi dar um novo rumo à minha vida, nos estudos e etc. Mas ele provocava-me sempre e ele tentava me bater. Houve uma vez que a minha mãe se colocou na frente para não me bater e ele complementa empurrou-a. Desde aí decidi não usar mais o nome do meu pai na identificação, só o da minha mãe. Há um tempo considerável que conheci uma menina incrível, começámos a namorar e escondi por bastante tempo por causa da minha família porque eu tinha a certeza que o meu pai iria usar o namoro para me atacar. O inevitável aconteceu, ele soube e veio dar uma de "pai" a dar conselhos de namoro como: "nunca a deixes ter poder", "tu és o dono da relação ", "não deves te importar como ela se sente, pois ela vai te usar". Mais tarde, numa discussão que já nos é habitual, ele disse "vou destruir o teu namoro", "nem sei como ela namora contigo". É por este tipo de coisas que ocultei o namoro. No meu aniversário, a minha namorada deu-me um livro personalizado com todas as nossas memórias, foi bastante caro (amor, se estiveres a ver isto, peço desculpa por ter visto o preço <3). O meu irmão estava a bater na minha irmã enquanto ela chorava baba e ranho, o meu pai ficou no sofá a ouvir aquilo sem fazer nada (a minha mãe tinha saído). Fui lá e comecei a discutir com o meu irmão, ele foi buscar o livro que o meu amor me deu e rasgou-o. Aquilo destroçou-me. O meu pai chegou e começou a rir, colocou as culpas em mim e falei na cara que era um pai de merda, que mais valia eu não ter nascido dele e que por mim ele iria embora. O prólogo não interessa, foi o habitual. Planeio cortar relações com ele quando eu fizer os 18.
Na minha opinião não o consigo culpar, pois ele não teve educação mas não sou obrigado a ter a vida destruída por causa dele. Serei um babaca por cortar relações com ele?
submitted by Peixefaca to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.06 06:08 denesfernando Sou Babaca Por Querer Que O Namorado Da Minha Amiga Não Passe Mais A Quarentena Aqui E Volte Pra Casa Dele?

Olá Luba, editores, gatas e Turma. Essa história que vou compartilhar aqui é recente, ainda estou tratando em terapia, mas ela começa um pouquinho lá atrás.
Um ""pouco"" de background para situar a todos de onde tudo isso começou.
Em 2013 comecei namorar um cara que vou chamar de Karen, por ele ser muito, mas muito CUSÃO (inclusive, ele se parece muito com você Luba e por vocês serem tão idênticos, eu passei um bom tempo sem assistir o canal, pois não conseguia te ver sem lembrar dele). Mas, enfim, em 2015 ele e o grupo da faculdade dele decidiram morar todos juntos em uma casa perto da faculdade, pois estava exaustivo para todos trabalharem em pontos distintos da cidade (São Paulo, para se alguém quiser se situar).
Então, em janeiro de 2016, eles se mudaram e eu ia para lá aos fins de semana, até que acabei me mudando para a casa em Junho do mesmo ano, no dia do meu aniversário.
Pois bem, foi uma fase horrível da minha vida por causa do meu ex, terminamos em maio de 2017 e tive que sair da casa. Esse meu ex era um abusador, um aproveitador, a pior pessoa que eu poderia ter conhecido na minha vida. Os abusos psicológicos que ele cometeu comigo, afetaram totalmente minha confiança e em como eu viria a me relacionar com outros caras, fora as crises de ansiedade que eu arrasto até hoje.
Mas então, eu fiquei amigo dos amigos dele da faculdade e em especial da Karls que virou minha melhor amiga.
Em 2017 eles terminaram a faculdade e em 2018 o contrato da casa venceu e eles finalmente poderiam se mudar, áquela altura ninguém suportava mais olhar pra cara do Karen.
Então, foi nesse momento, que a Karls e o Akarls me chamaram para vir morar com eles numa nova casa. Sem o Karen. E hoje nós três vivemos como uma família feliz com os nossos pets.
2019
Eu conheci um cara, eu vou chamar ele de Lars.
Lars e eu começamos a trocar mensagens, se conhecer, nos aproximarmos. Até então, antes dele, todos os outros caras que eu acabei ficando, não davam certo, (tem muito gay problemático nessa cidade). Mas Lars foi diferente, conforme nos conhecíamos, ele ia transpondo todas as muralhas que eu usava como defesa, pois meu maior medo seria voltar para um relacionamento abusivo, tóxico e doentio.
Com o Lars eu fui bem devagar, realmente queria conhecer ele, pra ver se o que eu estava sentindo era o certo e se ele não iria me fazer mal.
Nesse tempo conhecendo ele, eu desabafava com Karls todas as minhas inseguranças, pois ela tinha vivido todo o meu drama com o meu ex, ela sabia dos meus medos, receios, inseguranças em me relacionar com alguém e ela me dava todo o apoio, pra poder voltar a acreditar e saber que nem todo mundo é igual o Karen, que na verdade eu dei azar com o Karen, mas que não seria assim de novo.
Depois de tantos embates sobre minhas agruras eu acabei me desarmando e me permiti começar algo com o Lars.
Um mês e meio depois, finalmente decidi trazer ele em casa, para conhecer meus amigos e 😏.
Então, foi nesse fim de semana de novembro de 2019 que coisas aconteceram.
Depois de ficarmos, acabei aceitando os meus sentimentos por ele, pensei que depois de tanto tempo solteiro, passando por aventuras fracassadas com pessoas que não se encaixavam, onde a química só proporcionava uma reação inicial. Ali estava talvez o momento de poder compartilhar momentos com alguém.
Mas aquele início de sonho desmoronou muito rápido. No domingo quando ele estava pra sair para trabalhar, Lars me contou que iria para o Beto Carrero com um amigo. Fui pego de surpresa, pois ele não havia mencionado nada nas nossas conversas durante a semana.
Na época, Lars trabalhava como bartender numa cafeteria e reclamava de trabalhar muito, não ter finais de semana livres e só folgar nas segundas-feiras.
Como não tínhamos oficializado nada, nossa primeira vez foi na noite anterior e o fato de estar disposto a querer começar a construir uma relação tinha sido algo que eu havia arrazoado no meu coração, achei absurdo demais eu questionar porque ele não tinha me falado nada antes.
Tudo bem, ele iria no Beto Carrero com um amigo, logo após sair da cafeteria. Pegaria o ônibus na estação do Tietê no domingo a noite, passaria o dia no parque, já que a folga seria na segunda, e na segunda a noite ele voltaria e iria trabalhar na terça-feira de manhã. Eu, pelo menos, imaginei que seria assim.
Na segunda-feira, eu fui trabalhar normal, vi as fotos dele no Beto Carrero, os stories no Instagram aparentemente nada de estranho, mas a primeira coisa que me chamou a atenção foi o fato dele não ter postado um único story com o amigo, mas até aí, se eu encucasse com isso, seria uma atitude tóxica e eu não queria isso. Numa relação deve existir confiança.
Nós não nos falamos o dia inteiro, pois eu não iria ficar o importunando num passeio como aquele, que ele aproveitasse o máximo possível. Foi quando às 18:00 eu resolvi mandar uma mensagem para ele, já que eu estava saindo do trabalho.
A mensagem era mandando um "oi" e desejando que ele tivesse se divertido bastante e fizesse uma viagem tranquila de volta.
Foi quando ele me respondeu que não voltaria aquela noite, que ele iria para Balneário Camboriú com o amigo passear de barco. Eu fiquei completamente sem reação, foi um choque. Ele só reclamava de como o trabalho explorava ele, não era flexível e do nada, de uma viagem totalmente espontânea que aconteceu aleatoriamente pra aproveitar um dia de folga num bate e volta, surgiu uma folga no dia seguinte.
Eu não tive como não ser arrastado de volta para os tempos do Karen, onde eu fui trouxa por anos, onde ele matava aula pra transar na escada da faculdade, dizia que ficava até mais tarde no serviço pra não pegar trânsito, mas na verdade ia para dates furtivos de apps de pegação (inclusive tenho uma história ótima com relação a isso da época do Karen), enfim, meu cérebro e meu coração ligaram o sinal vermelho, as sirenes começaram a zunir no meu ouvido, a última coisa que eu queria era ser enganado como fui na minha última relação.
Voltando, Lars não falou mais nada depois disso, fui pra casa naquele dia. Na terça-feira de manhã, outro sinal de alerta, não tinha nenhuma mensagem no celular. Isso poderia ser irrelevante, se a gente não tivesse passado o último mês e meio, trocando várias mensagens e memes da hora que acordava até a hora de dormir. Me senti mal, a conversa tinha morrido da noite para o dia, fiquei angustiado, pois eu estava começando a gostar dele e aquilo mudou da noite para o dia.
Terça-feira se foi, ele em Balneário Camboriú, fotos e stories no Instagram se seguiram e nada desse amigo misterioso.
Finalmente, a noite ele estava voltando e mandou uma mensagem dizendo que estava exausto, mas estava voltando. Nesse momento, minha mente já tinha formulado mil e uma histórias, mas resolvi ser prudente, apesar da angustia que estava sentindo.
Foi difícil dormir aquela noite, na manhã seguinte, ele mandou uma mensagem dizendo que havia chegado, estava exausto, mas estava indo trabalhar.
Nossa conversa, já não era a mesma, algo tinha mudado, as palavras ou a ausência delas são um termômetro para o coração, escrever para outra pessoa é um ato de conexão e o nosso elo havia se rompido.
Foi quando resolvi confrontá-lo.
Segue abaixo a conversa no whatsapp:
[28/11 11:56] Denes: Desculpa, Lars.
[28/11 11:56] Denes: Eu não sei de fato o que aconteceu
[28/11 11:56] Lars: Pelo o que ?
[28/11 11:56] Denes: mas desde terça que eu sinto que nossa conversa morreu
[28/11 11:56] Lars: :(
[28/11 11:56] Lars: Eu que peço desculpas
[28/11 11:57] Denes: se vc puder me dar uma luz
[28/11 11:57] Lars: Questão de conversa tbm não sei ... :(
[28/11 11:58] Lars: Não quero ser cuzao contigo
[28/11 11:58] Denes: me diz o que tá acontecendo
[28/11 11:59] Lars: Gosto olhando no olho
[28/11 11:59] Lars: Gosto de vc
[28/11 11:59] Denes: talvez não haja olho no olho se eu não entender o que está acontecendo
[28/11 12:00] Denes: eu tb descobri que estou gostando de vc
[28/11 12:00] Denes: descobri de uma maneira bem ruim
[28/11 12:00] Denes: só quero que vc me diga
[28/11 12:00] Denes: sem medo
[28/11 12:02] Lars: Eu recebi uma ligação de alguém antes de viajar que me deixou balanceado
[28/11 12:02] Denes: prossiga
[28/11 12:02] Lars: Não gosto da ideia por aqui
[28/11 12:03] Lars: Mas tá bom ...
[28/11 12:03] Denes: por favor, agora que começou, não pare
[28/11 12:03] Lars: Pouco antes de conhecer vc eu tinha acabado um relacionamento ...
[28/11 12:03] Denes: hum
[28/11 12:04] Lars: E tipo ainda algo que me deixa balançado e tal ...
[28/11 12:05] Denes: entendi
[28/11 12:05] Denes: ah...
[28/11 12:05] Lars: E tipo não quero mentir pra vc
[28/11 12:05] Lars: Nem ser um cuzao contigo me entende
[28/11 12:05] Lars: Quero ser sincero sempre
[28/11 12:05] Lars: Não só com vc mas comigo mesmo
[28/11 12:06] Denes: então, o livro de Harry Potter que está com vc, foi um presente de um amigo meu que faleceu esse ano, será que posso pegar com vc na catraca amanhã da Santos Imigrantes
[28/11 12:06] Lars: Sim ... Claro ... Mas queria conversar mais com vc pessoalmente
[28/11 12:06] Lars: Se não se importar
[28/11 12:07] Lars: Tenho um presente pra vc
[28/11 12:07] Denes: eu vou me importar
[28/11 12:07] Denes: por favor, sem presentes
[28/11 12:07] Lars: Tudo bem :(
[28/11 12:09] Denes: amanhã as 8:30 te encontro na Catraca
[28/11 12:09] Lars: :( eu lhe entendo sabe ... Mas confesso que gosto de vc e queria que vc permanecesse na minha vida independente de qualquer coisa
[28/11 12:09] Denes: não será possível
[28/11 12:09] Lars: Tudo bem eu entendo vc ... :(
[28/11 12:09] Lars: Me desculpa
[28/11 12:10] Denes: te encontro amanhã na catraca sem falta
[28/11 12:21] Lars: Hj vc sai que horas do trabalho?
[28/11 12:24] Denes: Desculpa, Lars. Mas eu só pretendo te encontrar para pegar o meu livro. Não, temos nada para conversar. Você não me deve satisfações, justificativas ou esclarecimentos. Apenas o meu respeito. Mas, mesmo assim. Esse ponto final precisa ser colocado.
[28/11 12:25] Lars: Tudo bem eu entendo e respeito vc ... Falei de hj pq posso te entregar hj o livro
[28/11 12:25] Lars: Ele está comigo aqui no trabalho
[28/11 12:26] Denes: Eu saio às 18:00
[28/11 12:26] Lars: Posso te entregar hj o mesmo horário ... Na estação melhor pra vc
[28/11 12:27] Denes: Que horas na Santos Imigrantes vc vai passar por lá?
[28/11 12:27] Lars: Umas 19h a 19:30
[28/11 12:28] Lars: Mas espero a sua hora
[28/11 12:28] Denes: Okay, as 19:00 estarei lá
[28/11 12:28] Denes: Se chegar antes estarei sentado em algum dos bancos da plataforma
[28/11 12:29] Lars: Tá bom
[28/11 12:29] Lars: Sei o que vc vai falar ... Mas desculpas :(
Quando ele falou dessa ligação do ex e ficou balançado, eu senti uma enxurrada de sentimentos negativos, o tsunami de chorume que eram as mentiras do Karen voltando a tona. Todas as desculpas esfarrapadas, parecia que eu estava vivendo tudo outra vez.
Eu estava cego, na gana de não querer cometer os mesmos erros do passado, acabei sendo seco, duro e intolerante, condenando um pelos erros de outro.
Eu já tinha sentenciado dentro de mim que aquela viagem foi algo que ele tinha programado com o ex e que tinha ido com ele e que eles tinham se acertado e que ele queria me manter como step se nada desse certo. Enfim…
Nesse mesmo dia, fui buscar o meu livro (um fato curioso, esse livro que foi presente de um amigo que veio a falecer em 2019, foi um presente pra me lembrar o quanto eu sou uma pessoa corajosa, era a edição de 20 anos da Pedra Filosofal nas cores da Grifinória e dentro ele escreveu a famosa frase da Luna "As coisas que perdemos sempre acabam voltando para nós. Mas nem sempre na forma em que pensamos." https://imgur.com/a/ebJFd2U
Ironicamente, quando paro pra olhar isso em particular, penso na grande ironia de tudo.
Eu cheguei antes na estação, fiquei esperando, sentado num banco na plataforma, vendo vários trens passando, várias pessoas descendo na estação vindo depois de mais um dia de trabalho. A minha ansiedade estava a mil, eu queria chorar, estava angustiado com tudo aquilo, pior, sem entender como "tinha cometido" o mesmo erro outra vez.
Ele chegou uns 15 minutos depois, estava com o livro na mão, eu peguei o livro e então ele me estendeu os braços pedindo um abraço, fiz com ele o que eu devia ter feito com o Karen, olhei para ele com a minha pior cara de desgosto e nojo e falei "Adeus", virei as costas e deixei ele lá.
Hoje, não me orgulho do que eu fiz, sinto vergonha quando penso, mas para que vocês entendam aquele gesto, mesmo ele não sabendo, era algo traumatizante, no término com o Karen, quando coloquei minhas malas e meus livros no táxi, ele chegou até mim e na maior cara de pau, na sua maior interpretação pra burguês ver, ele me pediu um abraço e o trouxa aqui cedeu esse abraço, então ele sussurrou no meu ouvido "Sou eternamente grato por tudo o que a gente viveu e você vai sempre poder contar comigo para o que você precisar" e quando eu precisei o que eu ouvi? "Não tenho obrigação nenhuma de te ajudar."
Quando eu saí da estação, bloqueei o Lars em todas as redes sociais, Facebook, Instagram, Whatsapp e até o número dele pra ele não me mandar SMS ou ligar. Não queria nunca mais ouvir falar dele pelo resto da minha vida.
Alguns dias se passaram e a Karls me contou que Lars havia mandado mensagem para ela no Instagram dizendo que estava preocupado comigo, queria falar comigo e eu irredutível falei que nunca mais queria saber nada a respeito dele.
Então ali eu tinha colocado uma pedra em cima desse assunto, vida que segue.
Dezembro de 2019
Karls é uma garota muito linda, mas em todos esses anos de amizade ela só se envolvia com os piores caras do Tinder, uma fase da vida dela que fazemos piada, mas que se você olhar atentamente, era bem triste.
Ela tinha o sonho de conhecer um cara bacana, compartilhar momentos, viver toda aquela fantasia de namoro, dormir abraçada, assistir anime, cantar músicas da Disney e cozinhar todos os pratos possíveis de todos os programas de culinária que existem no mundo.
Depois de anos, esse cara apareceu. Vamos chamá-lo de Darls.
Darls é um cara super carismático, que faz amizade por onde ele passa, falador, contador de piada, solicito, uma pessoa que todo mundo iria adorar ter como amigo.
JANEIRO 2020
Parecia que Darls sempre esteve nas nossas vidas, Akarls e eu o recebemos de braços abertos, pois víamos o quanto ele fazia Karls feliz.
Logo ele começou me pedir dicas e mais dicas de coisas que fariam a Karls feliz e nesses 5 anos de amizade eu era a pessoa que mais sabia de tudo o que a Karls gostava.
FEVEREIRO 2020
Eles oficializaram o namoro, (meio rápido, mas…), então ela entrou numa tour para conhecer todas os amigos dele, pois ele queria apresentar a namorada para as pessoas importantes na vida dele.
Darls mora a 35km de distância, num bairro distante, 2 horas de viagem no mínimo, mas ele sempre estava vindo passar mais tempo aqui.
MARÇO 2020
Pandemia chegou, isolamento social foi instaurado, pessoas em casa. Eu sou editor de vídeo, então estou trabalhando em casa desde que esse inferno começou. E quem acabou vindo para cá, também? Exatamente, Darls.
A companhia dele era agradável, e por vermos Karls feliz, nada objetamos, aceitamos naturalmente a estadia dele aqui. Mesmo que nunca tenhamos conversado isso entre nós, foi natural olharmos para a felicidade dela.
ABRIL 2020
Um mês de quarentena, eu sou uma pessoa ansiosa. Solteiro que passou da barreira dos 30, já havia sentenciado que não conheceria ninguém e morreria só, pois já estava sem esperança de conhecer alguém em um mundo sem um vírus mortal, imagina em um mundo onde estar perto 2 metros de alguém pode ser sua sentença de morte.
Eu comecei entrar numa crise terrível, comecei trabalhar demais, a fazer 12 horas de trabalho por dia e no meu tempo vago eu comecei a assistir todos os filmes e curtas gays já foram produzidos no mundo. E nisso, fiz a burrada de assistir um filme que superestimei por anos.
Brokeback Mountain.
'O que eu fiz da minha vida?'
Eu fiquei tão mal, mas tão mal, que naquela noite eu fui dormir chorando e os dias que se seguiram eu tive tanto remorso pelo final daquele filme, que certo dia eu comecei chorar na frente da Karls e do Darls enquanto a gente almoçava.
No final de abril, meu tio implorou que eu fosse na casa dele, pois estava tendo um problema entre minha mãe e minha irmã e ele estava preocupado da minha mãe acabar se metendo em um avião e vindo pra São Paulo no meio de uma pandemia. Fui, como se eu já não estivesse colapsando, ainda tinha que resolver o problema de outras pessoas.
Naquela semana, eu assisti um vídeo, tenho 80% de certeza que foi no LubaTV os outros 20% acho que foi no canal do Henry Bugalho, que falava sobre perdão, algo do tipo "se não perdoamos, do que adianta pedirmos desculpas" e eu já estava muito reflexivo.
De noite, eu estava no apartamento do meu tio, quando recebi uma notificação de que alguém tinha me seguido no Twitter.
Abri a notificação e vi que era o Lars me seguindo quase 6 meses depois. Ele não tinha twitter e tinha criado uma conta por causa da quarentena.
Minha primeira reação foi bloquear ele, mas aí bateu aquele turbilhão de coisas acumuladas nessa quarentena. O final de Brokeback Mountain, a fala sobre perdão e um detalhe sobre o Lars que pesou muito, ele tem diabetes, acho que é um tipo raro, ele desenvolveu super novo, ele toma dois tipos de insulina, ele é grupo do risco.
Sentei no sofá e me perguntei, 'o que ele queria depois de todos esses meses? Ele não entendeu o meu "Adeus"?'
Pois, bem. Fui até o Instagram, desbloqueei ele e mandei a seguinte mensagem:
"O que você quer?"
Ele levou uma meia hora pra me responder, o 'digitando…' parecia eterno.
Resumindo, ele falou que se importava muito comigo, que eu marquei a vida dele, que nunca quis se distanciar de mim, que jamais foi a intenção me magoar com o que quer que tenha acontecido e que nunca dei a oportunidade dele se explicar.
E eu respondi, que não importava o que ele tivesse para me dizer, não ia mudar a opinião que eu tinha sobre ele.
Ledo engano, meus caros.
Fui dormir às 4 da manhã, tirei tudo de dentro de mim, tudo o que eu inventei na minha cabeça. Porque no meu relacionamento anterior eu ouvi tantas mentiras, que acabei jurando que qualquer um iria mentir para mim, era o único referencial que eu tinha.
Só para que vocês saibam, era realmente um amigo, as fotos que ele tirou junto com o amigo no Beto Carrero, foram todas no celular do amigo a folga da Terça-feira, o chefe dele estava devendo uma folga para ele e como ele não iria poder tirar essa folga a mais do que as que estavam previstas para Dezembro, o chefe deu a folga pra ele na terça para que ele aproveitasse mais um dia de viagem. E sim, o ex dele ligou, ele ficou balançado, pois eles tinham tido uma história recém terminada, mas ele me contou, primeiro porque eu insisti, mas também porque ele não queria mentir pra mim, já que eu tinha todo esse problema com mentiras, então ele queria ser honesto comigo desde o início e que nunca foi a intenção dele voltar com o ex, tanto que ele não voltou, ele queria estar comigo, e que mesmo tendo passado todo aquele tempo ele nunca tinha me esquecido e não tinha desistido de mim.
Eu falei para ele que não sabia como reagir a tudo aquilo, disse que não sabia se seria capaz de confiar nele. E que ele não tivesse esperança, mas que eu iria refletir sobre tudo aquilo.
Então eu voltei pra casa e compartilhei a história com Karls e Darls.
Karls ficou meio com o pé atrás, mas Darls me apontou os erros que eu cometi, me fez enxergar o quanto eu tinha exagerado pelo medo e desconfiança que eu tinha, que não tinha nada a ver com Lars e minha ficha caiu.
Agora, tudo o que me restava era o meu orgulho, eu precisava passar por cima disso.
Voltei a conversar com Lars, aos poucos, foi difícil no início, mas ele foi muito tolerante, eu expliquei que não estava sendo fácil voltar a conversar com ele, mas que compreendi que muito daquela situação era culpa minha.
Ele começou a me mandar mensagens de manhã e a noite, de bom dia e boa noite e esporadicamente algum meme. Foram duas semanas conversando quando houve a necessidade da gente se ver. Eu não sabia como iria reagir.
Sim, ele viria aqui em casa no meio de uma quarentena, mas antes que cresça os julgamentos, moramos próximo um do outro, ele viria a pé, sem pegar nenhuma condução e num horário de pouco fluxo.
MAIO 2020
Então comuniquei que ele viria aqui em casa para Karls, Akarls e Darls. Aparentemente, achei que todos tinham recebido a notícia de bom grado.
Ele veio, a primeira coisa que ele fez foi ir para o banheiro tomar banho, com Covid não se brinca. Depois, sentamos e conversamos, e mais uma vez, eu falei tudo de novo, dessa vez olhando no olho, colocando tudo a limpo, uma conversa franca, contei de todas as impressões que eu tive de tudo o que aconteceu, como a narrativa se construiu na minha cabeça e porque agi da maneira que agi.
Em contra partida, ele disse que estava tudo bem, disse que ficou muito chateado, mas os amigos dele conversaram com ele dizendo que tinha um motivo para eu agir como eu tinha agido. Ele me falou que nunca me esqueceu e queria ter uma oportunidade de conversar comigo e esclarecer as coisas, pois sabia que tudo tinha sido um grande mal entendido. Ele falou que mandou várias mensagens para a Karls, mas não obteve resposta. E quando ele me mandou o convite no Twitter, ele disse que seria a sua última tentativa de se aproximar de mim, se não desse certo, ele mesmo desistiria de tudo.
Ele passou três dias aqui em casa, eu não me abri tanto com ele com relação a isso, mas eu senti muito remorso por como as coisas aconteceram por minha causa.
Outra coisa, lembra na mensagem, quando ele falou que tinha um presente para me dar e eu falei que não queria? Ele trouxe o presente, ele guardou o presente todo esse tempo e disse que toda vez que via o presente, ele lembrava de tudo o que a gente viveu e a coisa que ele mais queria era me dar esse presente, que ironicamente ele comprou na viagem para o Beto Carrero.
Era um funko do Harry Potter, já que eu amo muito Harry Potter. (Não, não sou transfóbico, eu amo Harry Potter desde 2000). http://imgur.com/gallery/cah0Ry7
Ele voltou pra casa dele. Continuamos a nos falar, reatar laços, ter essa troca.
Compartilhei minhas impressões com Karls e Darls, eu estava relutante, desacreditado. As pessoas subestimam relacionamentos abusivos, mas a gente carrega coisas por anos, os estragos são terríveis, estava eu provavelmente estragando uma oportunidade de ser feliz por medo de ser feliz.
As coisas foram devagar, estávamos conversando de nossas rotinas na quarentena, ele o quanto sentia falta do trabalho e não aguentava mais assistir séries e eu o quanto estava trabalhando e engordando, já que editor de vídeo trabalha em casa, praticamos isolamento social antes disso "estar na moda" (✌️ salve editores do canal, eu juro que tô escrevendo essa história que já passa de 4 mil palavras, pensando se realmente o Luba lerá essa história na Turma-Feira, fico imaginando no trabalhão que vocês vão ter pra editar, se eu puder pedir, posta a Timeline pra eu ver como ficou no final, curto muito timelines [Sim, pra quem não entende, isso é meio creep]).
JUNHO 2020
Lars voltou, veio para estar comigo no meu aniversário, inclusive ele me presenteou com Find Me do André Aciman, ele disse que queria me dar a muito tempo, pois em novembro do ano passado eu estava lendo Call me by your name e eu estava namorando pra comprar o livro quando fosse lançado, mas não deu nem tempo dele poder comprar na época.
No meu aniversário, resolvi cozinhar para comemorar, fazer escondidinho de frango. Eu estava de folga e queria fazer algo especial para Karls, Darls, Akarls e Lars. Eu passei a tarde e começo da noite cozinhando e Lars me ajudando.
Então, aconteceu o estopim de todo o caos.
Karls e Darls desceram e viram que o escondidinho não estava pronta ainda, ela fechou a cara e disse "Nossa, ainda não está pronto?". Depois eles fizeram um sanduíche e comeram e subiram, bastou aquilo pra me entristecer, até entendo que ela poderia estar com fome, mas ela bater porta de armário e a porta da geladeira acabou todo o meu ânimo, me senti super mal.
Comi aquele escondidinho triste, o clima na mesa estava tenso e na boa o que era pra ser uma comemoração no que eu acreditava ser entre família, foi a porcaria de um jantar de aniversário que eu perdi tempo fazendo.
Lars voltou pra casa dele, continuamos nos falando e estreitando os laços, aproveitando a companhia um do outro, e finalmente no meio de toda essa situação de merda que estamos vivendo no planeta, senti uma esperança de que talvez tudo daria certo, pelo menos uma vez.
Mais uma vez, ele veio passar o fim de semana aqui em casa, e foi divertido, assistimos filme, contamos piadas e o melhor, eu estava podendo dormir abraçado com ele, por a cabeça no travesseiro e não me sentir só.
JULHO 2020
O mês do caos, eu odeio Julho, por tantos motivos, sério. Eu tenho inúmeras histórias de desgraças nesse mês que PQP (Gif da Xuxa).
Lars me mandou mensagem dizendo que ele teve uma briga terrível com o sobrinho dele, na briga eles só faltaram sair na porrada, ele falou que estava mal por estar na casa da irmã dele e por toda essa indisposição com o sobrinho que tem 18 anos e é um completo folgado. Ele disse que iria procurar um lugar pra ficar, mas até lá, ele perguntou se poderia ficar aqui até encontrar esse lugar.
E como eu já fui colocado pra fora de casa pelo meu tio e me vi sozinho, eu sei o quanto é importante ter alguém pra estender uma mão amiga nessa hora.
Eu respondi que sim, mas que ia comunicar o Karls e o Akarls. Expliquei a situação Lars e eles falaram que tudo bem.
A Karls começou a fazer um freela permanente em um grande estúdio aqui de SP, então ela já não estava ficando em casa e quando estava, ficava a maior parte do tempo com o Darls, que ficou aqui em casa, mesmo ela trabalhando regularmente, já que as coisas estão flexibilizadas por aqui.
A princípio, Lars ficaria aqui até dia 10, ele tinha acertado de ir morar com um pessoal que ele achou num grupo do Facebook, mas o lugar onde esse pessoal ia morar não deu certo, pelo o que ele me contou, foi lance com a Porto Seguro, ele ficou decepcionado, porque os meninos eram legais. Então, ele voltou para a busca de encontrar um lugar pra ficar, eu inocente disse que ele poderia ficar o tempo que precisasse.
Interiormente, eu queria me redimir por toda a injustiça que foi o nosso início, queria fazer certo dessa vez, pois ele estava sendo bom pra mim e eu nunca tinha tido isso, esse convívio.
Enquanto ele estava aqui, comecei a ter companhia para o almoço, passei a comer direito, já que ele é obrigado a comer certo por causa da diabetes, eu estava até me alimentando nos horários certos. As noites assistíamos séries abraçados, até a hora de dormir. Parecia um oasis no meio de todo esse inferno que estamos vivendo, por um único instante eu esqueci de tudo de ruim.
Nesse período, ele estava procurando vários quartos, mas só encontrava cativeiros sendo alugados por mercenários.
Conforme o mês ia passando, Karls estava bem estressada com tudo e quando estava todo mundo na cozinha, ela parecia evitar querer falar com ele. No início, eu pensei que fosse TPM ou alguma coisa em particular dela com Darls.
Mas eu tive certeza que era alguma coisa com o Lars, no dia que estávamos jantando e ela veio informar que o botijão de gás tinha acabado e ela tinha comprado um novo, mas ela insinuou que estávamos cozinhando demais. Eu fiquei, sem reação, pois não esperava por aquilo, como eu falei, ela e o Darls estavam fazendo todas as receitas que existiam na internet, como que o Lars 10 dia aqui era a causa do botijão ter acabado?
Então aquilo começou a ficar espinhoso e o meu erro foi não ter confrontado. Eu comecei a me sentir acuado com o Lars e não sabia o que fazer, ele já estava numa puta situação frágil por ter saído da casa da irmã por indisposição com o sobrinho e a coisa que eu mais queria era que ele se sentisse confortável na minha própria casa.
No meio de tudo isso, ele voltou a trabalhar e eu passei a acordar cedo junto com ele, pra tomar café e abrir o portão pra ele poder sair, num desses dias, eu levantei e fui no banheiro e enquanto eu usava, a Karls bateu na porta perguntando quem é que estava lá dentro de uma maneira meio ríspida, no caso era eu, mas o Lars viu a situação toda, ele não me falou, mas eu reparei que ele parou de tomar banho de manhã antes do trabalho. Dizia ele que o banho da noite era suficiente.
Depois, ele parou de tomar café da manhã, disse que tomaria café na cafeteria que ele trabalha.
A próxima coisa que aconteceu foi um dia que eu estava na cozinha e fui informado que Karls e Akarls decidiram que não iríamos mais fazer as compras de mercado juntos. E que só manteríamos os produtos de limpeza e higiene e que o resto era cada um por si.
Confesso, que na hora não compreendi o que estava acontecendo, eu estava muito desligado, na verdade não acreditava que os meus amigos estavam me excluindo por causa do Lars, eu estava sendo ingênuo, pois não imaginaria que aquilo estava acontecendo.
No meio desse caos todo, Lars, virou pra mim e disse que a irmã dele pediu que ele fosse na casa dela. Então ele iria direto do trabalho e dormiria lá no sábado para o domingo, já que estaria de folga e voltaria pra cá no domingo a noite.
Só que ele não voltou, ele disse que a irmã dele pediu para que ele dormisse lá mais uma noite. Pensei, okay, ele vem então amanhã direto do trabalho pra cá, mas aí ele não veio na segunda, foi quando o peso de tudo bateu.
A essa altura eu já estava angustiado com tudo aquilo e direcionei minha frustração para o lado errado, em vez de confrontar quem estava causando toda essa situação insatistória, eu cobrei dele, porque ele não estava aqui. Perguntei, porque ele não queria estar mais aqui. Ele falou que queria. Então, eu perguntei porque o domingo, virou segunda e agora a segunda virou terça? Ele hesitou, aí eu perguntei se era por causa da Karls e ele disse que só não queria incomodar ninguém.
Eu fiquei mal, por ele se sentir mais incomodado na minha casa do que na casa da irmã dele com o sobrinho folgado que estava fazendo da vida dele um inferno.
Fiquei desapontado, ele veio na quarta, conversei com ele, disse que iria conversar com a Karls sobre toda essa situação. Mas já era tarde.
Era a última semana de Julho, e antes mesmo que eu pudesse conversar com a Karls, Akarls chegou dizendo que não dava mais para dividirmos a conta de água como estávamos fazendo, por 3, teríamos que dividir por 5, já que a conta ficou mais cara.
Na sexta-feira daquela semana, Lars encontrou um quarto numa casa que ele meio que alugou as pressas e ele se mudaria na primeira segunda de agosto. Quando eu pude confrontar Karls, no sábado, sobre tudo aquilo, já era tarde. Falei que fiquei chateado deles quererem repartir a conta da casa por 5 com o Lars pelo mês que ele passou aqui, mas isso nunca foi nem cogitado nos 5 meses do Darls aqui. Falei que fiquei decepcionado por ela não ser capaz de enxergar a minha felicidade. Por não ser capaz de ver o quanto eu estava feliz, como eu enxerguei a felicidade dela com o Darls e o recebemos de bom grado dentro de casa por causa da felicidade dela. Disse que foi muito cômodo pra ela ter alguém pra poder dormir junto, assistir coisas juntos, ter os momentos a dois e quando eu pude ter o mesmo, ela não olhou para mim com os mesmos olhos.
Enfim, Lars se mudou, tomei esse tempo que poderia estar assistindo uma série com ele para escrever tudo isso. Angustiado e decepcionado. Darls não tem culpa de nada do que está acontecendo, mas agora acho completamente injusto ele estar aqui e o Lars não estar, não sei o que fazer, minha vontade é de falar, "acabou a quarentena para os dois, pode voltar para sua casa". Me sinto injustiçado e triste por alguém que eu amo tanto, não ter sido capaz de enxergar que eu estava feliz. É isso, estou esperando a próxima sessão da minha terapia e Karls e Darls estão lá no quarto dela e eu estou só.
E para finalizar, essa foi minha conversa agora a pouco com o Lars.
Lars https://imgur.com/gallery/PRrxEI6
submitted by denesfernando to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.05 06:32 ALexSMFF Amizade, óodio e uma paixão incubada.

Ola uma boa noite pra quem estiver lendo isso, não e uma historia engraaçada nem nada e so uma histtoria que eu me lembrei e queria falar sobre porque eu acho que ela fala de algo importante. Bom e o seguinte eu sou bisexual(eu acho pelo menos). Quando entrei no 8° ano conheci um dos meus melhores amigos até hoje(chamemos ele de amigo 1), ele e eu fizemos mais dois amigos e assim se fez o nosso grupinho no colégio(eles seram o amigo 2 e 3), nós eramos aquele grupo que so fica na sua convesando sobre videogames, animes e rock punk(sei que isso parece so um grupo normal de adolecentes inseridos levemente na cultura pop mundial, mas na minha escola so existia dois tipos de grupos masculinos, as que gostam de fultebol e a gente).No ano seguinte quando estavamos no 9° ano entra no colegio um garoto novo que rapidamente acaba virando um amigo muito proximo do amigo 2 e por algum motivo que eu mesmo desconhecia na época eu passei a odiar o menino sem ele ter feito nada, se passou o resto do ano e metade do seguinte em uma sitema que era tipo; estavamos nós 4 conversando chega o garoto e eu simplimente vou embora de odio dele. Até que eu vou morar um ano em Portugal(fui perido díficil por algums motivos, mas também muito recompensador em alguns quesitos, como exemplo a minha primeira namorada que eu conheci pouco tempo após ter chegado, e tendo ficado com ela por quase o ano inteiro que fiquei la, teria completado um ano se antes de voltar pro Brasil ela não tevesse visto caracteristicas do Jean em mim, leia-se que eu ganhei meu primeiro par de chifres) Quando finalmente volto definitivamente acabo re-encontrando meus amigos porem acabei ficando mais distante dos dois amigos citados antes(o amigo 2 e 3) e muito mais proximos do amigo 1° e surpreendemente do garoto que citei que eu odiava, descobrindo que ele era um cara muito legal e quem merecia se odiado era eu por não tentar nem falar com ele pra ver o quanto ele era um cara divertido, companheiro e muito bem humorado, conseguindo me animar em dias que eu estava completamente pra baixo. E eu fiquei meio encucado do porque eu odiar ele mas sinceramente não fiquei muito tempo pensando nisso, até que um dia quando fui pra casa do amigo 1° pra "estudar" (a gente so ficou jogando Super Smash Bros 4, um jogo de luta que eu adoro, o dia todo) e conforme iamos jogandao e conversando a gente acabou chegando no assunto de eu odiar o garoto ficamos discutindo um tempo e fazendo piadas (porque nós dois não conseguimos ficar muito tempo serios juntos) no meio disso a mãe dele acabou ouvindo, uma tangente importante no tempo que fiquei em portugal o amigo 1 conheceu alguém que fez ele se assumir homosexual pra familia, então a mãe dele estava com a mente muito mais aberta pra essas coisas, tendo dito isso ela so virou e falou:"Ñ acha que e porque vc tinha inveja dele ser proximo do amigo 2?" Nessa hora eu e o amigo 1 ficamos com a mente em branco, quase como se tivesse dado tela azul, quando voltamos a falar notei que fazia muito sentido, eu realmente tinha inveja dele ser muito proximo de alguém que eu gostava muito, e depois de mais um tempo conversando e refletindo sobre eu também acabei notei que gostava muito do amigo 2, não so como um amigo eu não sabia, mas queria que nossa relação tivesse um passo a mais, resumindo eu queria que ele enfiasse a língua dele na minha boca e em outros lugares se e que me entende. Ta resumindo serio: Eu falei com o amigo 2 sobre isso ,ate porque eu ja tinha superado, mesmo sem saber,(e meio que tava de conversinha com uma outra garota que tinha conhecido no ultimo evento de anime que tinha tido na minha cidade) no fim voltei a ter meu grupinho, me descobri bisexual e perdi no jogo, porque meu amigo e um salafrario.
Enfim obrigado a quem tirou uns minutos da sua vida pra ler esse simples devaneio da minha entediante madrugada, e por favor saiba que você indenpende de quem você for você muito importante e valoroso, se cuida.
submitted by ALexSMFF to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.29 20:42 AlvagorH Meus pais acham que eu sou gay

(Postei primeiro no desabafos, mas resolvi postar aqui também)
O relato pode ser um pouco longo, mas talvez seja engraçado (ou não).
Pois bem... senta que lá vem história.
Eu sou homem (ah vá), e desde sempre fui muito "sossegado". Não costumo ir pra festas, não bebo, não fumo. Sou bem caseiro e não sou de falar muito. Fui beijar uma menina pela primeira vez (e única desde então), aos 16, quase 17 (vou completar 21 muito em breve). Meus pais ficaram sabendo logo de cara, pois eu virei notícia na escola. O nerdão quieto e ranzinza da sala "pegando" a novinha da outra sala (ela era de um ano anterior ao que eu estava). Uma prima fofoqueira estudava na mesma sala que eu, então a notícia chegou em casa antes de mim.
Até então, eu nunca tinha notado nada de estranho nos meus pais. Eu notava alguns comentários homofóbicos deles as vezes, quando aparecia alguma notícia na televisão. "Ator famoso se declara gay", aí minha mãe "Nossa, que dó. Um homem tão bonito desses ser gay". Ou, no caso do meu pai "Eu tinha um professor que era bicha, mas era muito competente ensinando". Nessa época eu não ligava muito, pois até meados dos meus 14 anos (quando entrei no ensino médio em outra escola e em outra cidade), eu só conhecia duas pessoas que eram homossexuais e assumiam, e eu não gostava deles.
Eram dois caras muito barraqueiros e barulhentos, que zoam todo mundo. Basicamente, é o tipo de comportamento que eu sempre preferi evitar. Eu sou bastante tímido, então ter amigos próximos que chamem a atenção sempre foi bastante negativo pra mim. Logo, durante um bom tempo eu fiz a associação idiota "gays = chatos e barulhentos" e passei a evitar eles. Isso mudou bastante quando eu mudei de escola, onde as pessoas tinham valores bastante diferentes do qual eu estava acostumado. Foi um processo longo, mas o preconceito que eu tinha foi diminuindo aos poucos. Mais ou menos nessa época do ensino médio, eu comecei a me incomodar com os comentários dos meus pais, mas sempre ficava na minha para não causar confusão.
Voltando ao dia que eu perdi o BV. Bom, eu era um adolescente com muita testosterona sobrando e beijei uma menina e pude apalpar uma bunda diferente da minha sem tomar um tapão na cara. Até então, tava tudo indo muito bem. Eu era bastante amigo dessa pessoa antes de ficarmos, então eu já gostava bastante dela e me iludi muito com o rumo das coisas. Pensei que daria certo, que começaríamos a namorar e tal. Até sobre o nome de cachorros a gente falava hahahah.
Mas, a guria tinha outros planos, tava apenas curtindo o momento e logo passou pra outra. Durou um mês e meio ou dois. Então, após um ""chifre"" colossal, já que ela ficou com o ex e passou o rodo na escola ao mesmo tempo em que ficava comigo, a gente parou de se falar. De um jeito imaturo, talvez, pois eu juntei todas as minhas frustrações e joguei na cabeça dela, sendo que ela já havia deixado claro que a gente não tinha nada sério e eu continuava insistindo.
É claro que, graças a minha querida prima fofoqueira, meus pais souberam que eu e a fulaninha não estávamos mais nos falando, e mesmo assim perguntavam sobre ela em toda oportunidade que tinham. Nisso, eu ouvi alguns comentários estranhos da minha mãe, ela dizia que na escola onde eu estava tinham muitas pessoas que namoravam gente do mesmo sexo e eu tinha que tomar cuidado. Eu estranhei, mas como sou lerdo, não entendi na hora, e resolvi conversar sobre isso com um amigo.
Quando eu percebi que as coisas não estavam indo bem (ainda durante aquele mês e meio), eu usava bastante as redes sociais e conheci um cara que aguentou meus desabafos por bastante tempo, sempre me dando conselhos (e umas broncas haha). Eu comentei sobre a fala da minha mãe com ele e ele respondeu "Menino, a sua mãe acha que você é gay". Eu comecei a rir horrores naquela hora, mas também fiquei bastante inconformado. Eu me perguntava "Por que?". Não que isso me afetasse, eu sempre achei graça e vez ou outra eu conto esse fato pra algum amigo. Sempre ficou a incógnita sobre o porque que os meus pais pensavam isso, e ela ainda existe porque recentemente um cara demorou para acreditar que eu não sou gay, e eu e uma amiga rimos muito dessa situação.
Esse amigo que aguentava meus desabafos é gay. É o primeiro amigo homossexual que eu tive e a primeira pessoa sobre quem eu conversei abertamente sobre sexualidade. Ele é bastante interessado por ciência e psicologia, assim como eu, e me ensinou não só o lado social (a experiência dele sendo gay, descobrindo que gostava de homens e toda a confusão que isso gerou na sua infância/adolescência), como o lado científico da coisa, Escala de Kinsey, Freud e afins. Nessas conversas, eu tive a certeza de que sou hétero, mas acabo não me comportando como é esperado de um.
Tenho muitos primos na casa dos 20, quase todos namorando e alguns morando junto e quase casando com alguém. Vão pra festas, bebem, fumam, dão dor de cabeça pra família. As vezes um namoro termina e sempre aparece um agregado novo depois de um tempo, em média eu tenho um "primo" ou "prima" nova por um ano e meio, no máximo dois. Aí, passa alguns meses e o ciclo se repete.
E eu aqui, o primo solteiro que estuda e não traz menina nenhuma pra casa (salvo em raras ocasiões quando a minha melhor amiga aparece aqui) nem nas reuniões de família. O primo estranho que compartilha muitos posts pró-feminismo e contra homofobia. Cansei de ouvir perguntas sobre namoradas vindo de tios e até da minha avó materna.
Acho que algumas pessoas até pensam que eu escondo alguma coisa dos meus pais. Uma vez eu fui em um churrasco na casa de um amigo e a mãe dele me pediu ajuda para fazer uma mistureba alcoólica qualquer, eu disse que não sabia como fazer e ela não acreditou. Meu amigo precisou ser "testemunha" de que eu não bebo nada e que estava lá só pelo churrasco mesmo hahahaha
E aqui, temos duas cerejas nesse bolo.
A primeira é que o meu melhor amigo, o qual eu conheço desde a segunda série, há pelo menos 14 anos, começou a trabalhar na mesma empresa que a minha mãe. Ele é uma pessoa que eu costumo passar bastante tempo junto, já que nós fazemos trilhas de bike (ou fazíamos, antes da pandemia começar). Como a minha cidade tem grandes áreas verdes, essas trilhas demoram porque a gente sempre tenta explorar um caminho novo. Enfim, durante o trabalho dele, por algum motivo surgiu o boato de que ele é gay. Eu não sei nada sobre isso, ele próprio nunca me disse nada, e nós conversamos sobre muita coisa. Mas a minha mãe veio correndo me contar quando esse boato surgiu. Ela deve ter "adorado" somar 1+1 nessa ocasião.
A outra é meu pai. Tão preocupado em fazer comentários e cuidar da sexualidade dos outros, adorador do capitão cloroquina, e outro dia eu precisei fazer algo no celular dele e percebi que tinha uma aba aberta naquele site com X, e na barra de pesquisas estava escrito, adivinhem? "Bicha" hahahahahaha
Bom, como eu disse, não me incomoda o fato de acharem que eu sou gay. Não faz diferença nenhuma pra mim, na verdade, eu faço piada com isso e boa. O que me afeta nessa história é que eu tenho agora muitos amigos que são "Do Vale" e eu sinto que nunca vou poder convidar eles para me visitar aqui em casa. Tenho medo que ouçam alguma merda aqui.
Enfim, é isso. A quarentena está me fazendo sentir a necessidade de desabafar sobre alguns assuntos e esse foi um deles. Obrigado por ler até o final.
submitted by AlvagorH to sexualidade [link] [comments]


2020.07.29 20:24 AlvagorH Meus pais acham que eu sou gay

O relato pode ser um pouco longo, mas talvez seja engraçado (ou não).
Pois bem... senta que lá vem história.
Eu sou homem (ah vá), e desde sempre fui muito "sossegado". Não costumo ir pra festas, não bebo, não fumo. Sou bem caseiro e não sou de falar muito. Fui beijar uma menina pela primeira vez (e única desde então), aos 16, quase 17 (vou completar 21 muito em breve). Meus pais ficaram sabendo logo de cara, pois eu virei notícia na escola. O nerdão quieto e ranzinza da sala "pegando" a novinha da outra sala (ela era de um ano anterior ao que eu estava). Uma prima fofoqueira estudava na mesma sala que eu, então a notícia chegou em casa antes de mim.
Até então, eu nunca tinha notado nada de estranho nos meus pais. Eu notava alguns comentários homofóbicos deles as vezes, quando aparecia alguma notícia na televisão. "Ator famoso se declara gay", aí minha mãe "Nossa, que dó. Um homem tão bonito desses ser gay". Ou, no caso do meu pai "Eu tinha um professor que era bicha, mas era muito competente ensinando". Nessa época eu não ligava muito, pois até meados dos meus 14 anos (quando entrei no ensino médio em outra escola e em outra cidade), eu só conhecia duas pessoas que eram homossexuais e assumiam, e eu não gostava deles.
Eram dois caras muito barraqueiros e barulhentos, que zoam todo mundo. Basicamente, é o tipo de comportamento que eu sempre preferi evitar. Eu sou bastante tímido, então ter amigos próximos que chamem a atenção sempre foi bastante negativo pra mim. Logo, durante um bom tempo eu fiz a associação idiota "gays = chatos e barulhentos" e passei a evitar eles. Isso mudou bastante quando eu mudei de escola, onde as pessoas tinham valores bastante diferentes do qual eu estava acostumado. Foi um processo longo, mas o preconceito que eu tinha foi diminuindo aos poucos. Mais ou menos nessa época do ensino médio, eu comecei a me incomodar com os comentários dos meus pais, mas sempre ficava na minha para não causar confusão.
Voltando ao dia que eu perdi o BV. Bom, eu era um adolescente com muita testosterona sobrando e beijei uma menina e pude apalpar uma bunda diferente da minha sem tomar um tapão na cara. Até então, tava tudo indo muito bem. Eu era bastante amigo dessa pessoa antes de ficarmos, então eu já gostava bastante dela e me iludi muito com o rumo das coisas. Pensei que daria certo, que começaríamos a namorar e tal. Até sobre o nome de cachorros a gente falava hahahah.
Mas, a guria tinha outros planos, tava apenas curtindo o momento e logo passou pra outra. Durou um mês e meio ou dois. Então, após um ""chifre"" colossal, já que ela ficou com o ex e passou o rodo na escola ao mesmo tempo em que ficava comigo, a gente parou de se falar. De um jeito imaturo, talvez, pois eu juntei todas as minhas frustrações e joguei na cabeça dela, sendo que ela já havia deixado claro que a gente não tinha nada sério e eu continuava insistindo.
É claro que, graças a minha querida prima fofoqueira, meus pais souberam que eu e a fulaninha não estávamos mais nos falando, e mesmo assim perguntavam sobre ela em toda oportunidade que tinham. Nisso, eu ouvi alguns comentários estranhos da minha mãe, ela dizia que na escola onde eu estava tinham muitas pessoas que namoravam gente do mesmo sexo e eu tinha que tomar cuidado. Eu estranhei, mas como sou lerdo, não entendi na hora, e resolvi conversar sobre isso com um amigo.

Quando eu percebi que as coisas não estavam indo bem (ainda durante aquele mês e meio), eu usava bastante as redes sociais e conheci um cara que aguentou meus desabafos por bastante tempo, sempre me dando conselhos (e umas broncas haha). Eu comentei sobre a fala da minha mãe com ele e ele respondeu "Menino, a sua mãe acha que você é gay". Eu comecei a rir horrores naquela hora, mas também fiquei bastante inconformado. Eu me perguntava "Por que?". Não que isso me afetasse, eu sempre achei graça e vez ou outra eu conto esse fato pra algum amigo. Sempre ficou a incógnita sobre o porque que os meus pais pensavam isso, e ela ainda existe porque recentemente um cara demorou para acreditar que eu não sou gay, e eu e uma amiga rimos muito dessa situação.
Esse amigo que aguentava meus desabafos é gay. É o primeiro amigo homossexual que eu tive e a primeira pessoa sobre quem eu conversei abertamente sobre sexualidade. Ele é bastante interessado por ciência e psicologia, assim como eu, e me ensinou não só o lado social (a experiência dele sendo gay, descobrindo que gostava de homens e toda a confusão que isso gerou na sua infância/adolescência), como o lado científico da coisa, Escala de Kinsey, Freud e afins. Nessas conversas, eu tive a certeza de que sou hétero, mas acabo não me comportando como é esperado de um.
Tenho muitos primos na casa dos 20, quase todos namorando e alguns morando junto e quase casando com alguém. Vão pra festas, bebem, fumam, dão dor de cabeça pra família. As vezes um namoro termina e sempre aparece um agregado novo depois de um tempo, em média eu tenho um "primo" ou "prima" nova por um ano e meio, no máximo dois. Aí, passa alguns meses e o ciclo se repete.
E eu aqui, o primo solteiro que estuda e não traz menina nenhuma pra casa (salvo em raras ocasiões quando a minha melhor amiga aparece aqui) nem nas reuniões de família. O primo estranho que compartilha muitos posts pró-feminismo e contra homofobia. Cansei de ouvir perguntas sobre namoradas vindo de tios e até da minha avó materna.
Acho que algumas pessoas até pensam que eu escondo alguma coisa dos meus pais. Uma vez eu fui em um churrasco na casa de um amigo e a mãe dele me pediu ajuda para fazer uma mistureba alcoólica qualquer, eu disse que não sabia como fazer e ela não acreditou. Meu amigo precisou ser "testemunha" de que eu não bebo nada e que estava lá só pelo churrasco mesmo hahahaha
E aqui, temos duas cerejas nesse bolo.

A primeira é que o meu melhor amigo, o qual eu conheço desde a segunda série, há pelo menos 14 anos, começou a trabalhar na mesma empresa que a minha mãe. Ele é uma pessoa que eu costumo passar bastante tempo junto, já que nós fazemos trilhas de bike (ou fazíamos, antes da pandemia começar). Como a minha cidade tem grandes áreas verdes, essas trilhas demoram porque a gente sempre tenta explorar um caminho novo. Enfim, durante o trabalho dele, por algum motivo surgiu o boato de que ele é gay. Eu não sei nada sobre isso, ele próprio nunca me disse nada, e nós conversamos sobre muita coisa. Mas a minha mãe veio correndo me contar quando esse boato surgiu. Ela deve ter "adorado" somar 1+1 nessa ocasião.

A outra é meu pai. Tão preocupado em fazer comentários e cuidar da sexualidade dos outros, adorador do capitão cloroquina, e outro dia eu precisei fazer algo no celular dele e percebi que tinha uma aba aberta naquele site com X, e na barra de pesquisas estava escrito, adivinhem? "Bicha" hahahahahaha

Bom, como eu disse, não me incomoda o fato de acharem que eu sou gay. Não faz diferença nenhuma pra mim, na verdade, eu faço piada com isso e boa. O que me afeta nessa história é que eu tenho agora muitos amigos que são "Do Vale" e eu sinto que nunca vou poder convidar eles para me visitar aqui em casa. Tenho medo que ouçam alguma merda aqui.
Enfim, é isso. A quarentena está me fazendo sentir a necessidade de desabafar sobre alguns assuntos e esse foi um deles. Obrigado por ler até o final.
submitted by AlvagorH to desabafos [link] [comments]


2020.07.29 11:50 Thumbsttone Me sinto um lixo por precisar pagar por sexo... é melhor ser Punheteiro?

Bom dia Pessoal, textão abaixo pf tenham paciência.
HJ eu vi esse post aqui: https://www.reddit.com/sexualidade/comments/hmanf3/pagar_por_sexo/ E me deu uma angustia...
No meu caso eu tive/tenho muito dificuldade pra conseguir mulher no geral(só namorei serio umas 2x) e ficantes só ficavam 1 ou 2x e não queriam mais nada... e logo cedo comecei contratando as "primas" daqui. No geral tava tudo bem enquanto ninguém sabia(ou só desconfiavam), no meu segundo emprego eu deixei escapar numas conversas que eu pagava GP de maneira regular e virei piada no escritório todo...
A situação é (aqui onde eu vivo pelo menos) existe uma diferença entre ser Punheteiro(no sentido pejorativo)[Um cara que não pega ninguém,é viciado em porno e fica incomodando mulheres na net] e ser um cara com Esposa/Namorada que ocasionalmente se masturba.
Dai tem o equivalente pra quem paga por sexo, tem os casados/compromissados que ocasionalmente pagam e é perfeitamente aceitável(entre homens...) E tem os "eu's" que se não pagar fica sem...
Piada vai piada vem, comentário pelas costas as mulheres do escritório só falando comigo o minimo necessário pra cumprir as demandas do trabalho(uma delas parou de dar bom dia pra mim). E quando eu tive um argumento a respeito de uma proposta de solução de um problema(profissional) o outro saiu dizendo: "Ta certo cara faz como quiser,mas eu pelo menos não preciso pagar por sexo" o problema não tinha nada a ver com sexo... mas ele quis dizer: tu é incompetente pra conseguir mulher,tb deve ser profissionalmente e minha opinião vale mais que a sua.
Não teve jeito na primeiro oportunidade eu mudei de empresa. Agora eu sou incrivelmente cauteloso com minha vida privada. todo mundo sabe que eu moro só e não tenho relacionamento aparente. Eles pensam que sou Punheteiro ou mais provável(alguém já insinuou que sou gay no "armário") o que ironicamente não afeta como eles me jugam profissionalmente e nem é usado como piada pra me diminuir.
Enfim, nos últimos tempos eu tenho me sentido um lixo, eu sinto que não sou um homem viável sexualmente... eu não consigo convencer mulheres e possivelmente vou morrer sem filhos(ou vou pagar alguém pra ter alguns pra mim...) Se não fosse as GPs eu provavelmente seria um desses Incel's...

Abraços!

EDIT: O ironicamente ali onde me refiro a ser gay, é pq homossexuais tendem a ser mais discriminados por aqui. Não que eu seja homofobico.
submitted by Thumbsttone to sexualidade [link] [comments]


2020.07.24 19:45 TheGoldenMorn Me sinto um peso morto e procrastinação me consome

Já acompanhava esse sub faz um tempo, mas decidi colocar pra fora depois de ver uma situação parecida com a minha aqui. Bom, basicamente eu me sinto um 0 a esquerda em quase todos os aspectos da minha vida. Vou tentar resumir a história, apesar de ser longa, pra depois falar de situações mais específicas em que vivi.
Desde que me entendo por gente, fui um procrastinador. E a única coisa que me fazia não procrastinar eram crises de pânico que me causavam noites de insônia, ansiedade, perda de apetite e todo o pacote de crises desse tipo, geralmente tudo isso acontecia na escola. No término do 3º ano do EM, aprovação do vestibular e entrada na faculdade passei a ter crises surrealmente fortes, passei por tratamento psiquiátrico e psicológico, comecei a tomar medicação. Bom, eu me senti melhor, de verdade. Parei de ter crises de pânico, parei de ter noites de insônia, conseguia me manter mais calmo. Mas, a procrastinação continuou. E isso foi me afetando de outras maneiras. Eu tinha uma namorada desde o Ensino Médio, no final da faculdade ela me deixou quando conseguiu avançar na carreira. Não a julgo, quero dizer até julgo um pouco, mas eu não estava construindo nada. A procrastinação agora agia sem um freio. Antes, regulada pela ansiedade, eu parecia combater um monstro com outro, agora eu simplesmente pareço não conseguir controlá-la. E isso me atinge demais. Bom, após isso tudo, comecei um outro relacionamento e minha vida continuava indo de mal a pior: briguei feio com meu pai, fiquei expulso de casa umas semanas, até capotei o carro e dei PT (um dos motivos pra briga com meu pai). Pra fechar com chave de ouro, minha namorada engravidou. Eu sempre quis ter filho, sempre me vi como um pai, sempre amei crianças, mas o timing foi o pior possível. Minha família me apoiou muito, eu e meu pai fizemos as pazes, a família da minha namorada também, na medida do possível (e eu entendo o lado deles, afinal eu era basicamente um cara que vivia de bicos que engravidou a filha deles num relacionamento recente).

Passado o susto, comecei a estudar pra concurso já que minha área de formação não tinha perspectiva a curto prazo e a procrastinação me consumia diariamente. Tentei elaborar estratégias, mas sempre fugia das obrigações. Tentei fazer o amor pelo meu filho me motivar e me motivou, mas não o suficiente para que eu conseguisse a aprovação. Minha namorada e eu começamos a morar juntos e passamos a brigar MUITO. Meu filho nasceu e eu nunca amei tanto uma pessoa na vida. Foi o momento mais sublime que eu poderia esperar receber como um ser humano. Inspirado nisso, comecei um emprego intermitente horrível que me pagava muito menos que um salário mínimo e ainda me fazia levar bastante trabalho pra casa. Saí depois de um ano quando começaram a atrasar os salários. Foquei num concurso e passei muito bem, mas exigia teste físico e eu estava bem acima do peso (princípio de obesidade). Meus pais se ofereceram pra pagar um personal trainer, mas era caro e tentei fazer exercício na academia. Não consegui bons resultados, comecei a ter crise de ansiedade e aceitei o personal. O personal disse que eu estava muito em cima da hora pra começar com ele, mas podíamos tentar. Comecei a ter dores, tonturas e fisgadas o suficiente pro personal dizer que não daria, que eu poderia ter um infarto ou algo do tipo se continuasse nesse ritmo. Nisso, a mãe do meu filho me deixou. Vivemos com guarda compartilhada e, apesar de ver meu filho sofrendo muito de saudade de mim ou dela, sei que está melhor assim. A relação se tornou mais sadia, muito mais. Continuei tentando focar pra concurso, QUASE passei em um muito bom aqui na minha cidade, mas não consegui. Depois disso, veio a pandemia. Não tenho concurso pra fazer, não tenho bicos pra arrumar dinheiro, basicamente recebi o auxílio emergencial e tô tentando recuperar meu fôlego diário pra estudar. Eu amo ser pai do meu filho, participo de tudo o que posso na vida dele, me sinto uma pessoa útil e boa quando tô com ele. Eu sei que minha família se esforça muito por mim, por me sustentar, me ajudar a sustentar meu filho. Mas, ainda assim, não consigo me focar pra estudar ou arrumar um emprego. Eu não entendo, sabe. AHHHHH...

Tirando essa timeline, aqui vai alguns desabafos: Eu desenvolvi depressão nos últimos anos, acho que dá pra ver pelo meu texto. Tinha deixado de ir pra psicólogos desde 2014 e voltei recentemente, antes de terminar com a mãe do meu filho. Passei a tentar combater meus problemas mais ativamente como a psicóloga aconselhou, coisas como: tinha problemas de auto-estima por conta do peso, ficava muito tempo parado em casa, me comparava demais com outros, então desde que "quase" passei no último concurso, sabendo que poderia ter uma recaída na bad, foquei em exercícios físicos, uma vida mais saudável e dieta. Consegui perder 8kg. Corria/caminhava 6km quase todo dia. Veio a pandemia, perdi a psicóloga (o plano não adaptou pra consulta online), parei de correr fora de casa, tentei adaptar pra me exercitar em casa mesmo, mas não era a mesma coisa. Não tinha mais concursos pra estudar, não tinha mais pessoas pra interagir. Eu moro numa cidade que a pandemia está começando a "cair" depois de ter atingido o pico, então meus pais começaram a chamar pra fazer exercícios aqui na rua de casa mesmo, sem muito movimento. Tô tentando voltar a estudar pra concurso, mesmo sem perspectiva de reabertura. E, não sei, eu queria fazer diferente. Já são 27 anos da minha vida comigo sentindo isso. Queria saber como combater. Eu quero poder sustentar meu filho, ter independência financeira... Minha família é classe média, mas sempre vivemos apertados. Mesmo assim, eles sempre tentaram me ajudar, mesmo eu sendo uma pessoa complicada. Sei lá, eu sinto como se tivesse algo de errado comigo, como se eu fosse o mais próximo de "amaldiçoado" geneticamente.

Sabe quando capotei o carro? Cara, eu não tinha bebido, eu não dormi no volante, eu não estava distraído, eu não estava dirigindo rápido, eu estava simplesmente andando a 60km/h numa reta, meu pneu estourou, eu senti um solavanco, tentei frear, o carro girou na pista e eu capotei algumas vezes. Saí incólume, só com um arranhão num braço, mas sem entender absolutamente nada e com o carro dando perda total. Virou até uma piada interna da família porque ninguém acredita veementemente na minha versão. Recentemente, comecei a me relacionar pela internet com uma garota e no começo, como toda relação costuma ser, foi incrível, mas agora já sinto o peso de tudo isso que vivi novamente. Ela é muito bem de vida, o pai dela é bem rico e, mesmo eu sempre deixando claro das minhas condições financeiras e ela procurando ser compreensiva, eu sei que uma hora isso vai pesar na relação. Sempre pesa. Sei disso porque já me aconteceu duas vezes. Não é interessante ser alguém fracassado na vida. Ainda mais sendo homem (e isso eu não digo falando que homem sofre mais, estou querendo dizer que até nisso o machismo atinge os homens quando você é visto como sendo "sutentando" pela companheira). Ainda mais sendo pai.

Eu nem falei tudo que queria, mas vou parar agora porque o texto tá surrealmente grande. Sei lá, na minha cabeça ter narrado essa timeline bagunçada pareceu importante. Peço perdão por isso. Agradeço só de alguém ler. Alguém aí já conseguiu combater esse mal que me assola? Força a todos.
submitted by TheGoldenMorn to desabafos [link] [comments]


2020.07.11 20:37 darwinson-chan O dia que minha namorada me expulsou do armario

Olá lubixco, editores, papelões (ou restos deles...), possível convidado (q n deve existir pela quarentena), turma que está a ver ou ler e pspsps gatas (já que não olham mais pro luba, dêem atenção pra mim).
A história não é bem engraçada, mas talvez possa ajudar alguém ou até fazer algumas risadas... Espero que gostem!
"O dia que minha namorada me expulsou do armario sem querer"
Então para esclarecer, eu me descobri bissexual no 9 ano e comecei a namorar uma garota no médio. Nunca fui de pegar ninguém então acabou que ela foi minha primeira namorada e a unica pessoa que eu tinha beijado.
Eu e essa menina, que na época se chamava Isabele e é assim que a chamaremos aqui, tínhamos um relacionamento legal, assistiamos anime e, as vezes, íamos no shopping com algumas amigas (o que era mais uma desculpa que qualquer outra coisa, mas tudo bem). Mesmo assim ela ainda fazia algumas piadas sobre minha sexualidade, meio bifóbicas, tipo "bem que você podia ser 100% sapatao" ou "não precisa fingir ser meio hétero", enfim...
Quando tínhamos uns 2 meses de namoro, saimos em um rolê com umas amigas pro cinema. Estávamos sentadas na frente do Starbucks (ela com alguma bebida de lá e eu com a casquinha do Mc pq eu sou pão duro) enquanto as outras "compravam o ingresso" (provavelmente n queriam segurar vela ou estavam atras de algum boy).
Entao Isabele disse que tinha que conversar comigo. Ela tava meio estranha nas últimas semanas e eu já tremi na base, achando que tinha feito algo errado, que ela ia terminar comigo ou algo assim. Isso começou a me deixar meio nervosa (e eu tava meio instavel pela TPM).
Entao a Isabele falou algo tipo: "Eu nunca me senti bem comigo mesma sabe... nao me identifico muito com o meu genero..." então ela falou que estava questionando o próprio gênero (há algumas semanas ela confirmou isso). Eu falei que tudo bem, que ia gostar de qualquer jeito, que amaria elu independente do genero. Isabele disse que estava pensando também em mudar o nome e eu apoiei e taus (mas continuarei chamando elu por Isabele por pedido próprio para não expor).
Elu veio por trás para me dar um abraço, o que eu achei estranho pq como eu ainda não tinha "saido do armário" pra mt gente nao costumavamos ter essas demonstrações publicas e muitas pessoas achavam que éramos amigas. Dada a situação não me importei, NÃO É COMO SE ALGUÉM FOSSE ME RECONHECER. Então elu disse no meu ouvido...
Eu respondi que eu era bi, mas podia amar elu mesmo assim. Além disso, na minha cabeça, se eu fosse lésbica não poderia gostar delu, já que se identificaria com outro genero.
(Algumas pessoas consideram que bissexuais podem gostar apenas de dois gêneros e eu nao tinha certeza na epoca. Hoje já tenho mais certeza pois vi um vídeo de uma tiktoker que me representou( https://vm.tiktok.com/T6aeL). isso meio que me pressionava e me dava umas crises de identidade fodas. Mas tudo bem. )
Depois de uma breve discussão, que eu não lembro o q tínhamos falado, Isabele perguntou de novo, meio pra baixo meio irritade e falou que eu não podia ser bi se eu ainda gostasse delu. Eu, como a pessoa calma que sou, acabei gritando "não posso o car...valho!" E concluí "Pensei que te amar fosse o suficiente" e atraí um pouco de atenção, havia alguns grupos adolescentes próximos olhando (guarde essa informação, ela é bem importante).
Acho que elu ficou magoade com aquilo e eu me senti muito mal, mas qual o problema em eu ser bi? Além disso elu sempre soube que eu tenho muitos problemas quanto a isso e mesmo assim ao inves de ajudar com minhas crises fazia piada. Mesmo que não soubesse a real intenção, se Isabele estaria fazendo as piadas pra me acalmar ou talvez me fazer admitir ser lésbica. Enfim não sei
Anyway, eu não devia ter gritado, elu ficou brave e explodiu tb, dizendo que eu tinha preconceito com pansexuais por não me admitir ser. E do nada o assunto mudou "Aliás por que você não sai da porr* do armário, em cara***?! Não tem orgulho de sermos um casal? ".
Isabele queria muito que eu falasse pros meus pais, já tinha dito que se sentia mal em esconder isso. Os pais delu são de boa então ela contou pra elus e pediu pra manter segredo, mas eu não contei nem pra todos meus amigos. Elu queria muito se apresentar como meu namorade, mas eu sempre disse pra elu esperar e elu ficava chateadu.
Bem, até agora, Quem é o babaca? (Deixa nos coment com um * pra eu saber que está se referindo a esse momento)
Continuando: eu, que já sou chorona, naquele dia estava bem pior. Como eu sempre faço, sai correndo pro banheiro, bem clichê mas é.
Uns minutos depois a minha amiga, que vamos chamar de Ana, foi atrás de mim, me ligou. Eu tava trancada numa das cabines do banheiro, só atendi e falei que tava no banheiro e ela me achou por causa do tênis que eu tava usando, que tinha uma faixa de arco íris na sola (alias como ela viu o meu tênis sendo que eu tava na última cabine, nao sei. só espero que não seja do jeito que eu imagino).
Ela me acalmou e taus, naquele momento o que eu mais sentia não era ódio delu e sim de mim mesma, eu não tinha o porque de ter gritado, descontei nela os problemas das minhas próprias crises.
Enfim, o resto do role meio q miou né? Eu fui pra casa da Ana pq se meus pais me vissem com aquela cara iam perguntar. Eu tava digitando um textinho de desculpas quando ela me parou e mandou eu olhar o twitter no perfil de Isabele. Eu olhei e já notei de cara uma indireta: "Acho que fingir 'ser alguem que você nao é' é péssimo. Mas pior é mentir para os outros e continuar mentindo." Quem manda indireta no twitter? eu não uso muito, então não sei se é normal mas subiu o ódio de novo.
O dia não podia piorar né? Mas o problema é que a situação nao acabou aí.
Lembra que eu disse que tinham muitos adolescente lá? Então, acontece que esse shopping é perto do colégio onde eu estudo então geral vai la e entre eles estava uma aluna do colégio, vamos chama-la de Carls.
A Carls era da minha série e, como adolescente nao sabe cuidar da própria vida, não só contou pra umas amigas, como também filmou uma parte e postou no snap. Hoje me abomino por ter pintado metade do meu cabelo de vermelho pq provavelmente ela me reconheceu por isso. Sabe aquela garota que gosta de espalhar fofoca por aí e age como se não tivesse feito nada de errado? bem era a Calrs.
E como adolescente também adora uma fofoca ou jogar lenha na fogueira, de repente virou um rumor. Alguém tirou print e o negócio meio que espalhou. Lembro que naquele dia chegaram a colocar no stories do insta do colégio (o insta que é meio que um blog dos alunos do médio) uma enquete se nos shippavam ou não.
O twitter de Isabele era privado, o que talvez diminuiu o alcance, mas não o suficiente pra elu perceber o que estava acontecendo. O post foi suficiente pra confirmar que eramos nós brigando e tiraram print do post dela, então adiantou nada a conta ser privada. As pessoas das nossas séries perguntavam pra mim se era verdade, tratavam como se fosse um plot de uma série americana.
Enfim talvez esteja parecendo maior do que realmente foi mas, para dar uma ideia mais realista, boa parte do segundo do médio comentou sobre isso em algum momento (pq, por Isabele ser "diferente" e abertamente, as pessoas conheciam elu, a maioria inclusive apoiava) e alguns grupinhos de colegas que pelo menos me conheciam falaram comigo. Essa situação, por conta de alguns comentários no twitter (não muito gentis), chegou na coordenação, a orientadora foi legal, chamou a gente no fim da aula e disse que se houvesse qualquer preconceito podia falar com ela e taus. Isso tudo em uns 3 dias. A gente conversou com calma, eu ainda amava elu, mas não tinha muita certeza se deviamos voltar.
A situação chegou nos meus pais. Eu tive que explicar tudo pra eles. Não foi tão ruim, mas eu queria ter uma outra oportunidade ou sla. Fiquei de castigo por causa dos roles e por não contar, sem celular por uma semana.
Eu e elu tinhamos evitado nos falar na escola pra diminuir os boatos. Depois disso ainda não tínhamos nos perdoado totalmente, apenas evitamos. Eu fiquei com outras garotas e entao começou a quarentena (fazia pouco menos de meio ano desde todo esse role) e com isso as paranoias: Eu nunca cheguei a ficar com nenhum garoto, muito menos a namorar. Nao sei se sou pan, bi ou lésbica, até pq eu me meti numa situação em que meu companheiro se descobriu agenero no meio do relacionamento. Talvez eu seja lésbica e causei esse furdúncio pra nada?? Acho que essa situação colocou ainda mais pressão infelizmente e, sei lá, as coisas são confusas as vezes.
Semana passada Isabele me chamou no whats, conversamos e nos perdoamos devidamente e ainda sinto um sentimento por elu. Ai meu Deeeeus eu vou morrer sozinhaaa.
Enfim, espero que tenham gostado (foi mal pelo textao). Todos os que estão passando por essas crises de sexualidade, genero ou whatever, durante a quarentena, fiquem fortes, posso não ser a melhor pra dar apoio, mas tudo vai ficar bem. Desculpa pela historia longa
Beijos, =30
submitted by darwinson-chan to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.22 13:48 gi_pudim Sou babaca por deixar de lado meu amigo que tem depressão?

Hellooo turma, xaninhas, papelões, editores velhos e novos, Luba (é claro). Já aviso que a história é bem grande e vou tentar resumir, mas eu gostaria muito de sua opinião Luba, ou de qualquer um que ler, tanto faz (desespero). A história é longa, mas eu acho que vale a pena ler, pra isso você precisa ler pra saber hehehe.
Algumas observações não tão importantes: Sou de Goiânia, então pro sotaque é só puxar bem o r; Warls, meu amigo que também faz parte da história; O "amigo" principal da história vou chamar de Zarls
Algumas observações importantes: Essa história envolve depressão, quase (ou não) arm## em colé####
Ok, let's go
Segundo ano do ensino médio (2018), só conversava com minhas amigas antigas até que do nada eu comecei a me aproximar do Warls e do Zarls que eram muito amigos e os "isolados" da sala. Resumindo um pedaço inútil da história, nós três viramos melhores amigos, sempre nos divertíamos, tinhamos nossas piadas internas e tudo mais, era uma amizade muito legal, da qual ainda sinto muita saudade, se tratando dos momentos bons, mas em um determinado momento começou a me fazer muito mal.
Desde o início da nossa amizade Zarls demonstrava não ser tão estável mentalmente, sempre nos falava sobre o seu pai super ausente, e pra ser sincera eu nunca entendi direito o lance do pai dele, só sei que ele não era presente e Zarls sofria muito, porém eu e Warls sempre estávamos do seu lado para dar suporte.
Fazíamos várias piadas pesadas, gostávamos muito desse tipo de humor e tal. Mas eu tenho um limite, ainda mais se tratando de assuntos delicados como....arma....escola...deu pra entender. É um negócio que me deixa muito sensível, ansiosa e apavorada.
Terceiro ano do ensino médio (2019), a amizade continuava e sempre que possível acontecia um rolê e era bem divertido e ainda me dói rever os vídeos e fotos e saber que nada vai ser como antes, além de que não tive coragem pra apagar. Enfim, amizadade continuava e o Zarls piorou muito em relação a sua saúde mental, apresentando sintomas de depressão, Warls e eu sempre do lado demonstrando todo apoio e aconselhando Zarls a ir ao psicólogo.
Ele foi diagnósticado com depressão mais ou menos em abril de 2019, mas antes disso ele teve muitas crises que me deixavam super preocupada, ansiosa. Chorava compulsivamente no meio da sala, um dia no recreio (sim recreio) estava conversando com uma amiga e ele simplesmente chegou, me abraçou e começou a chorar. Mandava mensagens dizendo que ia se....né, que estava com a f... e que iria fazer alguma coisa e tudo aquilo, toda aquela situação, toda a ansiedade e o medo que eu sentia quando ele não ia pra escola, ou não respondia minhas mensagens e não me dava notícias, aquilo tudo durante todo o tempo em que as coisas ficarm ruins começou a fazer mal pra minha saúde mental, me deixava muito ansiosa, e foi me fazendo tão mal, mas eu não queria deixar Zarls, pois era meu amigo e eu o amava muito, era tipo um irmão e eu achava que ele faria o mesmo por mim.
Ele começou a ir na psicóloga e apresentou melhoras, o que me deixou muito feliz e um pouco aliviada por ter aquela sensação enorme de responsabilidade sobre meus ombros desaparecendo aos poucos. Mas a nossa amizade começou a ficar um pouco abalada, principalmente depois que ele começou a namorar e a namorada dele teve uma atitude bem idiota, mandei mensagem pra ele um dia e foi ela quem respondeu perguntando quem eu era e todas merdas. Também se abalou muito (nossa amizade) depois que eu perdi meu cachorrinho (setembro 2018) e sofri muito na época, eu sei que ele ainda estava mal da depressão, mas demonstrou 0% de apoio. Praticamente tudo o que aconteceu comigo enquanto éramos amigos não importou muito pra ele. Sem querer, aos poucos fomos nos afastando, mas continuávamos fazendo os trabalhos juntos e foi aí que a merda começou, minha ansiedade. Ok, isso aconteceu umas duas vezes, o trabalho era no dia X, e no fucking dia X ele não aparecia e nem avisava nada, simplesmente mandava um foda-se pra todo mundo do grupo de trabalho, e eu tinha que me virar nos 30 (pega essa referência Luba, só pra quebrar o clima) para organizar a parte dele com a minha e apresentar. Só que toda essa situação atacou minha ansiedade num nível que eu achei que meu coração fosse sair do peito e eu suava muito, tremia e até tive caganeira asuhauhs. Enfim, foi bem tenso, falei com ele no dia seguinte e ele simplesmente cagava muito, eu até conversei com ele sobre como isso me fez mal, em relação a minha ansiedade, mas novamente ele cagou.
Depois do acontecimento de arma....escola...ano passado, e uma suspeita disso na minha escola, na sala ao lado, eu fiquei muito preocupada com isso e aí que entra o stopim pra eu me afastar totalmente do Zarls. Ele já havia "brincado" com esse assunto anteriormente, e não sei, não me pareceu brincadeira, eu sou um pouco do tipo de que praticamente toda brincadeira tem um fundo de verdade, então um dia eu abro o status do whatsapp e lá está Zarls, uma foto dele com uma arma e com a legenda do tipo "Essa é boa pra levar para escola amanhã", imediatamente eu fui conversar com ele sobre isso e recentemente apaguei os prints, entretano, me lembro um pouco da conversa.
Me: *responde status* Você tá bricando né? De quem é essa arma? É de verdade?
Zarls: Do meu cunhado, ele tem umas aqui. É de airsoft
Me: Zarls, você nunca pensou em fazer nada do tipo né?
(Porque muitas pessoas da sala o achavam estranho por ele chorar do nada e ano passado somente Warls, Arls e eu erámos amigos dele, Arls ficou amiga nossa no início de 2019)
Zarls: *manda 3 mensagens e apaga*
Me: Pq apagou as mensagens? Oq tinha nelas?
Zarls: Não, eu não faria nada disso.
Dado o contexto de somente e os fulanos e eu sermos amigos dele, fui conversar com Walrs e Arls sobre isso e se eles tinham conversado com Zarls. Warls demonstrou preocupação em ele ser denunciado e não em ele fazer alguma coisa, ou sla, tentar assustar alguém, porque nessa época ele estava mal novamente da depressão, e tinha tendência.... A Arls até entrou na brincadeira, e me deixou ainda mais preocupada, desse eu tenho print. ( https://imgur.com/gallery/hxhgfV8 )
Fiquei muito assustada, e novamente minha ansiedade atacou muito, eu fui pra escola no dia seguinte achando que fosse acontecer alguma coisa, tive pesadelos com o pouco que dormi na noite passada, sentia meu corpo fora de controle e pronto pra correr da sala. Não falei com Zarls, Warls e Arls nos dias seguintes, mas chamei os dois pra conversar depois e resolvemos as coisas. Entretanto eu resolvi me afastar do Zarls, porque eu sentia que já não dava mais pra mim, tipo que amizade era essa? Eu sempre do lado dele, mas o Zarls nem estava lá pra me abraçar quando eu mais precisei que foi quando eu perdi o Penny (meu dog), foi um momento muito difícil e eu até pensava "Mas ele deve estar sofrendo mais que eu por conta da depressão", o que...eu não bem sobre o que pensar a respeito disso, me sinto um pouco egoísta, mas me dê o seu ponto Luba.
Depois de todo o rolê da arma...eu me afastei e a namorada dele veio atrás de mim pra conversar porque ele estava "mal" por ter perdido minha amizade, mas nunca teve a coragem de vir falar comigo e ainda se fazia de vítima para a namorada, Warls e Arls, o que me deixou mais brava ainda com a situação.
Sinto que errei por não ter ido conversar com ele para esclarecer, eu até iria, mas depois de se fazer de vítima, como se ele fosse o único sofrendo com a perda da amizade, eu não tive mais vontade e só percebi que não valia a pena, pelo menos não mais pra mim. O último dia em que o vi foi no início de dezembro (2019), último dia de aula e na saída ele veio chorando pra me abraçar, eu apenas fiquei parada porque estava tão brava ainda, mas foi isso.
É isso, toda a longa história. Am I The Asshole por deixar meu "amigo" que tem depressão?
Obrigada Luba por ter lido toda essa história, continue com seu trabalho maravilhoso, de nos fazer de escravos para produzir seu conteúdo, brincadeira. Seu vídeo sobre o Mint me ajudou muito durante a perda do meu doguinho. Você é uma pessoa abençoada, continue sendo assim :).
Beijos, <3
submitted by gi_pudim to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.22 01:26 fewgt protegi um menina, e no final eu sai como o culpado, e ainda hoje eu penso que realmente fui culpado.

acabei de fazer essa conta para contar a maior besteira que eu fiz na minha vida. a maior MESMO.
PROTEGER UMA MENINA DE UM FUTURO ESTRUPO.
é o seguinte, esse história foi no ensino médio, já se passaram uns 4 anos, vamos:
quando eu estava no ensino médio eu tinha um amigo, nós dois ficávamos horas conversando, sempre pelo celular e presencialmente, a gente sempre brincava com história de estrupo( na realidade ele começava a falar sobre o estrupo e outras esquisitices, então eu fazia um piada para a brincadeira começar e sair daquele assunto sério) depois de uns 7 meses de amizade eu já percebia que ele não era normal, tinha começado a percebe que ele possui um fascínio pelo estrupo.
depois de 8 meses de amizade ele conseguiu uma namorada, ela era muito bonita, ele sempre falava que queria estrupar ela, mdssss, eu comecei a ficar com medo, depois de uns 2 meses de namoro ele, só falar disso para mim é eu sempre dava um jeito de fugir da conversar, aí chego o dia, o dia em que ele queira realizar a fantasia dele( estrupo mais espancamento), Manooooooooooo eu ainda lembro como se fosse hoje, ele me contou por mensagem, eu fiquei totalmente gelado, por algum motivo eu já sabia que ele estava falando sério, então eu fui no Facebook e achei a mãe da menina, eh mandei tudo que ele falar para ela( obs: nesse dia, ela(namorada) estava indo passar tarde na casa dele), e aí mãe dele ficou muito chocada, depois disso só soube notícias pela noite, quando ele me ligou e me chamou de traidor e disse para eu ficar esperto, não vou mentir eu fiquei com medo, no outro dia eu aí para a escola ( levei uma faca, qualquer coisa ....), galeraaaaaaaaaaaaaaaa, que do eu entrei na sala todo mundo olhou para mim como seu eu fosse um lixo, ele espalhou para todo mundo na escola que eu teria criado a conversar pq queria a namorada dele, mdssssss, estava no começo do segundo semestre, a namorada não acreditou em mim, ele foi na casa dela é disse a mesma mentira sobre mim para a mãe( e esse mulher acreditou), então no final eu era o mentiroso, ainda hoje tenho ódio, eu tentei proteja ela é no final eu fui o cara mal.
mais depois desse ocorrido, dele deve ter ficado com medo de fazer alguma coisa e alguém descobrir, então nada aconteceu com aquela menina. isso tudo aconteceu no final do terceiro ano do ensino médio, e quando o semestre acabou ele foi embora para outra cidade e o namoro acabou, mais eu sei, alguma hora ele vai fazer um loucura.
eu falei que minha vida virou um inferno no ensino médio depôs disso, então virou mesmo, eu sofri muito bully, tinha vários apelidos, mais o principal era "maníaco", um dia na hora do intervalo eu fui lanchar e alguém( acho que foi ele) jogou tinta de caneta na minha mochila, ainda bem que esse inferno acabou, ainda hoje penso que o certo era não ter falado nada para ninguém.
ainda hoje me pergunto, como diabos a mãe da menina acreditou nele ?, MDS.
OBS: antes disso ele só tinha amizade comigo( na realidade tinha amizade com outras pessoas, mais ficava a maior parte do tempo comigo), depois ele virou o popular da sala e depois da escola, e eu virei o merda. Sério que odioooooooooooooo, por isso eu vou virar um policial, para tentar impedir que esse tipo de merda aconteça.
submitted by fewgt to desabafos [link] [comments]


2020.06.21 05:16 KitanaMortalKombat Nice amiga tóxica e possívelmente uma trouxa q falou meio kid ;-;

(Luba eu sou menina mas faz voz de menino pfv! É q a minha voz e mto grossa e por isso algumas pessoas acham q eu sou um menino ou se tu quiser pode falar no queridíssimo sotaque favorito.... Bah né?) Olá Lubinho,minhas amigas,gatas,papelões sobreviventes,leds q ngm mais lembra,tela verde,possível convidado,nice guys ou girls,editores,chroma keys e turma q está a ver,essa é uma história q infelizmente eu sou a protagonista! Para dar um pouco de contexto: Essa história aconteceu quando eu tinha 8 anos e estava do 3° ano(cuja ainda estava descobrindo minha sexualidade,e eu achava q era bi!(hj eu descobri q sou pan)) e eu dei um ponto final nisso ano passado quando aonda tinha 10 anos e eu era meio mto Kid ;-; ent por isso q deixei em julgamento e provavelmente vai dar em: Td mundo é o babaca aq! Mas né? Td bem ;-;. Bem.... Eu sempre fui gordinha e até hj sou! E por isso eu sempre sofri bullyng na minha escola ngm queria ser meu amigo e tals.... E fui trouxa de achar q a menina q fazia bullyng cmg ia ser minha amiga se eu deixasse ela brincar com meus brinquedos (q enclusive era os mais famosos e os mais ricos da galera,pq entes eu tinha mto dinheiro e uma mulher tava roubando dinheiro da minha família inteirinha mas hj a gente venceu no processo! E tamo pobre por causa daquela mulher .. e tenho ctz q se eu contar essa história vc vai xingar a mulher até a rainha Elizabeth morrer)e por causa dela me fazer bullyng td dia cmg e n ter nenhum amigo q bringasse cmg (Guarde essa informação:só uma garota q ainda é minha amiga e continuamos amigas até hj u)eu óbviamente tive depressão e meus pais são aqueles tipo de pais q acha q depressão é falta de fé em deus e q só precisa rezar e vai tá td certo! (E no 3° ano descobriram q eu tinha ansiedade ent... É uma merda a minha vida ..)dps q eu saí daquela escola(q por sinal eu era a preferida de tdas as profs,até a tia q fazia comida pra gente gostava mais de mim,a cordenadora e a diretora da escola tbm me preferia e elas fizeram de td pra mim n sofrer mais bullyng pq essa escola era grande amiga da minha mãe e eu faria de td para agradecer essas pessoas maravilhosas :D (to até chorando escrevendo isso aq rs)) eu fui pra msma escola do meu irmão e aí a trouxa pensou: - Nss... Finalmente vou ter amigos e n vou sofrer bullyng! É.... Eu tava errada ;-; no primeiro dia uns meninos me trancaram na sala e riam de mim enquanto eu chorava e gritava tentando abrir a porta desesperadamente! (Obs: um dos meninos n tinha pai mas n era por isso q ele fazia bullyng cmg pq msmo quando a mãe dele se casou dnv ele continou a praticar bullyng cmg e eu n sei se foi antes ou dps da mãe dele se casar dnv q ele espancou uma amiguinha minha q a gente zuava e ela zuava junto pq ela era uma parente do um dos caras q ajudou o Pedro Alvares Cabral a descobrir o Brasil (eu n sei se ela era parente de um amigo dele OU ela era parente dele mas me lembro q ela era parente de alguém importante q eu estudei em história no 4° ano)) enfim.... Eu fiquei assim até o 2° ano q era pior ainda pq eu n conversava com ngm por ser tímida d+ e eu nem conversava mto com minhas amigas,pq eu tava no meu vício de FNAF (Five Night At Freddy's) e nenhuma das minhas amigas gostava desse jogo ou de qualquer jogo de terror (E eu ainda so mto viciada nesse game sóq eu to mais viciada em mk(Mortal Kombat) doq FNAF) ent eu só tinha amizade com os funcionários e com os professores! E esse ritimo só foi parar no 3° ano quando conheci uma menina q logo em seguida virei amiga dela no primeiro dia (Uma informação para guardar: E tbm tinha um menino novo q virei tbm melhor amiga.) e ela tbm gostava das msmas coisas q eu gostava... Resumindo: FNAF. Sóq os pais dela descobriram oq é FNAF e acabaram proibindo ela de ver FNAF oq foi PÉSSIMO para minha saúde mental já q pq essa menina acabava fazendo de td para q eu n falasse sobre FNAF de modo algum! E q no final n deu certo e ela acabou falando cmg sobre esse jogo dnv, bem... Até aí aceitável.... Sóq.... Acabou q nós duas criamos nossos canais no YouTube e eu era inscrita no dela e ela n era inscrita no meu pq a lógica dela era assim: -Vc tem mais inscritos doq eu e eu só vou me inscrever do seu canal quando eu for mais famosa doq vc! E eu n ligava pra isso pq eu era mto leal (e ainda sou) e por mais q a lógica dela de achar q ela era mais importante doq eu me machucava eu n ligava e continuei amiga dela, isso continuou até a gente começar a fazer vídeo de um jogo para fazer histórinha (o nome do jogo é:Gacha. Sóq tem vários Gachas ent eu só falo gacha msm) e lógico q isso para mim foi mto legal! Até pq eu gosto de fazer essas histórias, mas ela parecia q fazia só pq eu fazia (e ainda fasso e sofro bullyng pelo meu irmão pq a comunidade gacha tem mto +18 e a gente tá tentando acabar com isso,virou até matéria de jornal) e bem... Foi aí q a merda começou a feder! Se lembra do garoto? Ent..... Ele era um puta de um amigo meu e ele q se increveu no meu canal para me ajudar (Canal básico de 12 inscritos q eu tanto amo :,3) e ele sábia q eu sofria de depressão e sempre me apoiou, acontece q ele n se dava bem com a garota e ele sempre ficava se olho nela para ver se ela n fazia nenhuma gracinha cmg, acontece q ele disse q a bonita fazia desenhos dos meus bixinhos (Q ela fez de brigar cmg para q um dos bixinhos desse menino se casasse com a bixinha dela e dps a gente foi pra cordenadora e ela disse q era culpa minha e do menino,e aí q ela percebeu q tinha o poder de fazer as cordenadoras acreditarem nela e ela sempre fazia questão de brigar cmg e dps se fazia de vítima!) e os bixinhos eu cuidava (e ainda cuido) como se fossem pessoas de vdd ela fazia desenhos deles sendo torturados e dps colocava mensagens horríveis e o garoto sempre conseguia pegar e falar para eu mostrar pra minha mãe(e eu nunca aceitava de falar para meus pais) e aí quase começou um rumor falando q eu namorava com ela (AGR Q EU QUASE ME FUDI LEGAL :D) e bem dps de uns dias eu descobri um app de desenhos q acabei descobrindo q tinha uma comunidade nele! Era incrível! Eu fiz mtas amigas nele e... Óbvio q essa menina acabou descobrindo e me ameaçando de terminar a amizade se eu n contasse para ela qual era o app.... E eu contei pra ela e eu n mostrei pra ela minhas amigas virtuais e minha família virtual, em um belo dia a trouxinha aq acabou falando q tinha depressão e q minha vida tava uma merda (pq naquela época minha vó por parte de mãe foi diagnosticada de câncer e minha outra avó tbm por parte de mãe (minha mãe teve 2 mães a vida dela inteira, uma q cuidava dela e outra q era a biológica)tava piorando o Alzheimer dela) e eu pensei q ela fosse me apoia,mas parece q ela viu como oportunidade de controlar minha mente (pq eu tenho uma baixa auto-estima tbm e naquela época eu ainda sofria bullyng ent me controlar n era algo tão difícil) e bem ela continuava com a lógica dela de: -Vc n pode ser mais famosa doq eu! E ela sempre fazia eu colocar como a palavrinha do meu perfil (q quando existia a comunidade do Rascunho (o nome do app) vc podia colocar uma palavrinha do perfil e dps vc escrevia uma mini-bio e falava seu gênero) de: -Eu sou a melhor amiga da Funtime tangle 💗. (Funtime tangle era o nome do perfil dela) mas óbivio q eu nunca ia ser trouxa nesse nivel.... Fiquei com essa palavrinha apenas por uma semana e dps mudei para: - Meu perfil!. (Ou algo assim ;-;) e ela sempre tava lá para falar pra eu colocar oq ela quer e eu.... Tratava da zueira e teve uma vez q eu coloquei: -Eu gosto de chocolate! (E eu gosto mto msm ;-; como de tds os sabores até os 50% cacau) e adivinha! A MININA FICO PITA :D (sóq para n mostrar sua raiva apenas falou para eu colocar aquela frase horrorosa) e dps de alguns dias eu e ela viramos amiga de uma garota (inclusive bjs Pistolitaduud :D)(nome do perfil dela no Reddit ;-;)e ela me dizia sempre essa garota falava pra ela deixar só eu e ela brincar, bem voltando para o app Rascunho (Inclusive guarda a pistolitaduud na cabeça pq vo falar mto dela dps) eu fazia uns desenho q era melhor doq os dela (q agr reparando melhor era MTO melhor ;-;) ela passou dos limites... Sim Lubixco... Se vc pensou q ela começou a roubar meus desenhos vc... ER- ACERTOU! Ela começou a me plagiar e nunca colocava os créditos e ainda tinha a ridícula desculpa: - Aiinn!! Mas os seus desenhos já estão prontos!!! E bem... Eu acho q nunca fui tão trouxa de deixar isso passar já q ela tava pegando meus desenhos (q eu me lembro q ficava HORAS desenhando) e tava ganhando em cima do meu trabalho.... Q eu n deixava ela pegar meus desenhos mas... Msmo assim ela pegava... Lubixco pss te falar qual foi a pior coisa q eu fiz? Pois mto bem.... Eu contei para uma das minha irmãs virtuais q ela tava me copiando e tava ficando mais famosa q eu por cima dos MEUS desenhos e n tava dando os créditos para mim e ainda tinha gente elogiando ela... Lubixco... LUBIXCO! Eu fudi com a minha vida :D ela foi me defender e dps essa garota falava q era minha irmã virtual e eu falava q ela n era pq eu n queria.... Lubixco.... Vc entendeu oq aconteceu né? Se vc acha q essa minha irmã virtual disse q era minha irmã e essa garota disse q era minha irmã.... Vc acertou :D E DPS ELAS FICARAM AMIGAS! Aí eu aceitei na boa.... Pior decisão na minha vida.... E n importava se eu tinha sim ou n um novo membro na minha família virtual ela falava q era tbm minha irmã e td mundo ficava amiga dela.... E foi um dia q ela PASSOU dos limites LITERALMENTE (e eu ainda n terminei a amizade naquela hora) a trouxa aq teve uma conversa com a família virtual,tevem tbm uma mini-aventura e dps a gente nomeou de: "O chat loko". E como a gente gostava de desenhar a gente nas conversas eu desenhei td mundo q participou do chat junto com a minha oc (Oc= Original Character. Q por acaso ela tbm copiou) ela BRIGOU cmg pq ela n participou da conversa e dps abaixou o desenho (q eu deixei livre para as pessoas q participaram abaixarem) e usou o msmo nome "O chat loko" me marcou com a legenda: -Pena q a @Old Zclarafrx (Meu @ na época) n participou! E ainda sab oq ela fez? ELA PEGOU O DESENHO Q EU FIZ N COLOCOU OS CRÉDITOS DNV E NO LUGAR DA MINHA OC ELA COLOCOU A DELA!!! LUBIXCOOO!! EU FICO PITA SÓ POR PENSAR Q EU ERA AMIGA DE UM MONSTRO COMO ESSE! (e tenho dó da gata dela ter tido uma dona tão fdp enclusive... Descanse em paz filó... A única gata q n quis me matar ;-; e f pela Mina (a nova gatinha dela)) eu n briguei com ela... Eu acho ;-; mas eu penso nas coisas q ela fazia pra mim e eu me lembro as coisas q eu fazia por ela.... Eu fiz questão de brigar com um mlk q começou a falar q ela ainda tava na primeira página q a prof mandou e td mundo tava indo lá pra ver e eu oq fiz?: -Eii!! Deixa ela em paz! -Aaa!! Agr só pq vcs são melhores amigas vc vai defender ela? E eu juro q eu n era uma pessoa de brigar... Mas ele me pegou no dia das paranóia q eu tenho q tipo eu penso numa merda pra eu fazer e querer saber as consequências... Eu sou um ser diferente nesses dias... E adivinha? Eu falei: -QUER ENCARAR? -Sim! E...Round 1... FIGHT! TÃNANA nana na nanana na na na na tiu pras PANANANA PANANANA (Música do Mortal kombat ;-;) e tava lá o mlk chegou e me deu uns chutes e quando eu fui atacar... BLAM! Derrepente a sala inteira tava me segurando na parede para q eu n dasse um próximo golpe.... Class wins! Flawless victory... FATALITY! E eu tenho medo de saber oq teria acontecido se eles n tivessem me colocado na parede no ponto de fazer eu sair do chão....E EU N ERA TÃO FRACA ASSIM! Enfim eu recebi nem um: -Poxa cara... Valeu! Ou: -Obg amiga! Sim eu to julgando por ela nem ter me dado um simples "obg" e se eu fosse ir de volta para a cordenação eu ia ser suspença e eu contei isso pra minha mãe e ela me entendeu... E dps tds sabendo dessa notícia parece q começaram a falar mais mal ainda dela e eu n podia erguer a voz pq se n.... Suspenção :D e a minha mãe sempre falava: - Pq vc n falou nada? Nessas horas seria legal alguém ajudar ela! SIM ELA FALAVA ISSO!! Acho q nunca me senti tão traida assim... Os dias foram se passando e nossa amizade piorando... Ela chegou a pegar meu celular e apagar umas fotos n importantes mas umas fotos importantes de um primo meu q eu quase nunca via! E dps mexeu nos meus apps e colocou aquela frase: - Sou a melhor amiga da Funtime tangle!💗 E se lembra dequela garota do começo q eu disse ela é uma puta amiga minha? Ent.... Ela acabou sendo amiga dela junto cmg! (Informação para guardar: originalmente era para a gente ser um trio!) e essa menina disse q essa minha amiga (Cuja vms chamar ela de carol) disse q a carol e ela mexeram no meu celular! Óbvio q eu n acreditei pq eu sei q a carol nunca faria isso cmg! E como essa garota foi meio dedo duro as vezes cmg (Pq eu via uns vídeos 18+ pq os caras enchiam de palavrão o vídeo ;-;) e ela já contou para minha mãe e bem.... Agr a parte q eu disse sobre ser Kid... Inclusive eu me envergonho disso... Eu mandei UM VÍDEO e UM ÁUDIO chorando para A MÃE dela e falei oq ela fez com meu cell (e quer saber? Eu n vou mentir! Por causa dessa menina eu fui mto kid mas era uma kid q militava errado! E fazia tbm ameaças para ela caso ela n me respondesse! E me envergonho disso até hj TT)e ela acabou ficando de castigo aí eu DESCUBRI q essa menina n podia mais ter Rascunho! Ent eu tava feliz! Finalmente ngm ía ganhar fama em cima do meu trabalho! Mas ela n ligava e continou com o Rascunho! E eu sempre ficava pensando: -Será q vale a pena? Será q ela REALMENTE gosta de mim? Será q ela quer msmo ser minha amiga? Será q se eu morresse ela iria chorar por mim? E eu sempre me perguntava isso td dia até q eu pensei: -Ela nunca se importaria cmg msm. E eu fiquei com esse pensamento tentando fazer ela gostar de mim... Mas aí se passaram uns dias e os meus amigos virtuais e minha família virtual parou de falar cmg... E eu começei a falar mto mais com a Pistolitaduud,acontece q eu percebi como ela era quando eu fui pra casa dela e ela n falou nem um: -Obg. Para a empregada dela (q foi ela q cuidou sempre dela e do irmão) aí eu tentei manter distância e mudei de turno da tarde para o da manhã (n por esse motivo mas sim pq meu irmão entrou no 1° colegial) Lubixco.... FOI O ÚNICO ANO Q EU N SOFRI BULLYNG :D (Na vdd foi o único ano q n aconteceu merda na minha vida pq recentemente meu tio veio a falecer dps de um cirurgia de câncer no fígado... EU TAVA FELIZ PQ MINHA MÃE,MEUS TIOS E MEUS AVÓS GANHAMOS NO PROSSESSO E AINDA TEMOS NOSSAS CASAS E AÍ MEU TIO MORREU! 2020 tá ó 👌) 2019 foi um ano de ouro pra mim pq um pedófilo q eu tanto odeio foi preso (inclusive ele plagiava e treto com o Goulart) e foi quando minha fixa caiu! Eu fui postar um desenho das minhas ocs e coloquei no título: -Bffs! Aí vem A DISGRAÇINHA da mina (Eu queria ter prints dessa conversa sóq o app tirou a abba comunidade e eu n podia ver vc Lubixco :( mas eu acho q consigo ressussitar algo! E eu mandei uma mensagem para a Pistolitaduud e vou esperar ela me responder aí eu vou atualizar o post mas até agr n tenho print da conversa....)para falar assim: -Me coloca aí! E elas nem existem! Fiquei de saco cheio e falei: -Eu n vou mais fazer parceiria com vc no rascunho e nem no YouTube! E ela me manda uma coisa dessas....: -Nss.... É por isso q vc n tem amigos! Luba.... LUBINHA DO RAIDEN! ELA FALAVA Q ERA MINHA AMIGA E DPS DISSE Q EU N TENHO AMIGOS! ME EXPLICA ISSO!!!! Fico puta até hj com ela... Foi aí q eu falei: -Na vdd eu tenho sim! Pq o meu nome n é (Nome da mina ;-;)! Cortei a amizade com ela! Falei pra mãe dela q a menina tinha um Rascunho sem a autorização da mãe e oq ela fez cmg! E a Pistolitaduud tbm e cortou a amizade com ela se lembra do nosso "trio"? A guchi (Bitch em japonês) tentou separar eu da carol! DÁ PRA ACREDITAR?! Dps disso fiz uma outra amiga... Q acabou sendo melhor doq essa menina e meio q ela me curou da minha "doença" (Kid militante) e essa garota (Vms chama-la de anja pq ela foi um anjo q me tirou da bosta) disse q ela era aqueles Heteros tops homofobicos e eu fiz ela ter uma visão diferente do mundo e fiz ela descobrir q tbm era pan e bem...... Minha vida melhorou dps de td q aconteceu! A Anja e eu começamos a namorar recentemente TwT (E é essa parte da história q o Luba fala q é fake huehuehue) e eu e ela gostamos das msmas coisas das msmas cores e uma curiosidade engraçada q eu faço aniversário dia: 24 de Julho. E a Anja faz dia: 25 de Agosto. 1 dia dps do meu aniversário e 1 mês dps do meu aniversário kkkkk e bem... Dps de uns dias no ano passado eu dei um "Oi" sorrindo pra ela pq eu coloquei a gente em uma situação engraçada aí ela me mando uma mensagem dessas: -Acho q EU consigo TE PERDOAR. LÓGICO! Pq ELA PIOROU MINHA DEPRESSÃO,ME DESRRESPEITOU EM TDAS AS MINHAS HISTÓRIAS,ME PLAGIOU,FEZ COISAS IDIOTAS CMG E EU ME FUDI E ELA NEM ME DEU UM "Obg" CLAROOO EU VO MTO PERDOAR ELA!!! E por causa DELA eu to fudida na auto-estima! Óbvio q eu iria perdoar ela né? Dessa vez eu falei pra ela tomar no ku e tomar uma vergonha nessas duas caras dela! (Mentira n mandei uma mensagem assim n ;-;)(mas queria) e bem.... Agr eu tenho amigos de vdd uma namorada, uma ótima relação com minha sala estou menos insegura de si e oq ela falava sobre: -Vc n pode ser mais famosa doq eu! Agr eu DUVIDO ela me plagiar e ser mais famosa doq eu... Pq agr aq estou eu com meus 11 mil inscritos (Inclusive obg tds q acreditaram q eu conseguia QwQ) e com tds eles me alertam quando alguém tenta me plagiar! E bemmmm.... Essa história teve pelo menos um final feliz né? Uma bela história de superação de amizades falsas! E agr eu estou fazendo meu próprio remédio contra depressão! Assistir tds os meus Youtubers favoritos (cof cof Luba cof) e amigos! Enclusive essa história um bom conteúdo para o Luba enclusive Lubinha.... Obg por me fazer rir com suas piadas idiotas mas msmo assim engraçadas! E bem... Tá na hora da pergunta.... Eu fui a Babaca? (Inclusive manda um oi pra Prima da Anja e pra Pistolitaduud ela s tbm te assistem!)(Atualização:a Pistolitaduud me mandou os prints da conversa pq ela tinha guardado, já vo logo avisando q são apenas 2 kids e eu n me lembrava dessa conversa '-')a conversa kid
submitted by KitanaMortalKombat to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.15 16:15 Ron858 Rescisão com Operadora de Telecomunicações (MEO) através do Tribunal Arbitral

Viva.
Gostava de saber se alguém já conseguiu rescindir o contrato com uma operadora através de um tribunal arbitral? Se sim, foi muito trabalhoso e deram luta? Há uns meses recordo-me de ver uma pequena reportagem na sic sobre o assunto, mas não conheço ninguém que já o tenha feito.
Faltam-me 6 meses para acabar o contrato e não consigo esperar mais. Estou constantemente sem serviço (televisão + internet) e não há mais canais oficiais onde possa reclamar. Isto já acontece desde o início do ano mas só recentemente comecei a tomar nota a todos os contactos e falhas. Só desde o dia 22 de Maio já fiz 15 reclamações/reports de avaria na linha de Apoio Técnico, 1 reclamação escrita pelo site, 4 reclamações no site da provedoria da Altice e 1 reclamação no livro de reclamações online. A causa das falhas de serviço é sempre a mesma: "avaria comum que afeta vários serviços na minha zona".
Não há ninguém que faça nada ou que saiba resolver o problema. Na linha de apoio técnico dizem que não podem fazer nada a não ser fazer uma "insistência" com os técnicos que, alegadamente, estão no local a resolver a avaria. Na linha de reclamações pedem sempre mais uma oportunidade e dizem que vão fazer um report interno a pedir a resolução do problema. Da provedoria só me ligam quando a avaria aparece como resolvida no sistema, mesmo que seja só por 5 minutos.
Chegam ao ridículo de enviar mensagem a informar que a avaria está resolvida mesmo quando eu continuo sem serviço. Abrem e fecham várias "avarias comuns" no mesmo dia. Chego a estar 3horas em linha de espera para falar com um assistente, cuja a única coisa que pode fazer é pedir desculpa.
Para piorar, recentemente contactaram-me da operadora a perguntar-me se tenho tido sentido falhas nos serviços (?), uma vez que o sistema detetou várias avarias. Como é obvio, pensei que era troll. Informei o assistente sobre todo o contexto, que me disse que trabalha num departamento autonomo, sem acesso às fichas de cliente. Combinou comigo que iriam passar cá em casa para fazer uma análise. Não apareceram no dia marcado e nem sequer avisaram.
Não estivesse eu e a minha namorada a trabalhar 100% em home-office e isto ate poderia ter piada.
Registo de contactos e avarias desde o dia 22 de Maio (que foi quando comecei a anotar)
22 Maio, 10:52 – Chamada para a Linha de Apoio para fazer reclamação sobre serviço. Informo que no início do mês já estive vários dias sem nenhum serviço, sempre com a mesma justificação: “Foi detetada uma avaria comum que afeta vários serviços na zona”. Informo também que, no ano passado, tive exatamente o mesmo problema e que foram precisas dezenas de chamadas, 2 reclamações no site da provedoria do cliente da Altice e uma assistente da Meo extremamente prestável para conseguir resolver o problema.
22 Maio, 13:02 – Mensagem da MEO a informar que a avaria estava ultrapassada.
23 Maio, 17:57 – Chamada de um operador da MEO a confirmar que a avaria tinha sido corrigida e a confirmar se o serviço foi restabelecido. Confirmo que, naquele momento, tenho serviço.
24 de Maio, de manhã – Falha de serviço. Contacto a linha de Apoio. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
24 de Maio, depois do jantar – Serviço restabelecido.
25 de Maio, 08:24 – Falha de serviço. Contacto a linha de Apoio. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
25 de Maio, de manhã – Reclamação no site da provedoria do Cliente Altice.
25 de Maio, 11:30 – Mensagem da MEO a informar que a avaria estava ultrapassada, muito embora eu continue sem serviço.
25 de Maio, fim da tarde – Email da provedoria do cliente da Altice, informando que a avaria foi resolvida e o serviço restabelecido. Continuo sem serviço.
25 de Maio, 20h aproximadamente – Serviço restabelecido.
25 de Maio, por volta das 21:30 – Fico novamente sem serviço.
26 de Maio, 8:18 – Falha de serviço. Contacto a linha de Apoio Técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
26 de Maio, 8:44 – Volto a contactar a linha de Apoio Técnico. Falha de serviço. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
26 de Maio, 10:26 – Inicio chamada para a linha de Apoio, com o objetivo de fazer uma reclamação. Ao fim de 199minutos, sou atendido por um assistente.
· Informo que desejo proceder ao cancelamento do serviço e que não tenciono continuar a pagar por um serviço que não tenho.
· É-me pedida uma nova oportunidade por parte da Meo
· Informam-me que podem proceder a um acerto no valor da mensalidade para compensar
· Informo que se o serviço for restabelecido brevemente e que me for garantida a sua estabilidade, não avançarei para o cancelamento.
26 de Maio, 13:01 – Mensagem da MEO a informar que a avaria estava ultrapassada. Continuo sem serviço.
26 de Maio, 13:15 – O Serviço é restabelecido durante uns minutos. Volta a falhar.
26 de Maio, 13:30 - Contacto a linha de Apoio. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
26 de Maio, 16:31 - Mensagem da MEO a informar que a avaria estava ultrapassada. Continuo sem serviço.
28 de Maio – Contacto da provedoria da Meo a informar que foi efetuada uma reparação no local e que a avaria estaria ultrapassada.
28 de Maio a 04 de Junho – Serviço falha apenas 2 vezes, por poucos minutos.
04 de Junho – 20:25 – Fico sem serviço.
04 de Junho – 20:37 – Contacto a linha de Apoio técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
04 de Junho – 20:40 – Nova reclamação feita no site da provedoria do cliente da Altice.
05 de Junho -10:05 - Mensagem da MEO a informar que a avaria estava ultrapassada. Serviço restabelecido.
05 de Junho – 16:47 – Recebo email da provedoria a informar que a avaria estaria ultrapassada.
07 de Junho – 22:00 – Fico sem serviço.
07 de Junho – 23:01 - Contacto a linha de Apoio técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
08 de Junho – 07:00 – Continuo sem serviço.
08 de Junho – 07:30 – Nova reclamação feita no site da provedoria do cliente da Altice.
08 de Junho – 18:20 – Contacto da Meo a propósito de uma reclamação que fiz na minha conta. Informem-me que me vão creditar o equivalente a 22 dias de mensalidade. Informam-me também que têm informação que avaria está ultrapassada. Informo a assistente que continuo sem serviço. A assistente diz que não pode fazer nada e que devo contactar a linha de apoio técnico para reportar o problema.
08 de Junho – 18-26 – Contacto a linha de Apoio técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
09 de Junho – 07:18 – Volto a contactar a linha de Apoio técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
09 de Junho – 08:00 aproximadamente – Serviço restabelecido.
09 de Junho – 17:00 aproximadamente – Sou contactado por um número desconhecido, que me informa ser um assistente da Meo, que trabalha num departamento cujo objetivo é analisar falhas no serviço. O assistente informa-me que o sistema identificou o meu serviço como tendo vários falhas e pergunta-me se tenho sentido algumas dessas falhas. Informo o assistente que tenho várias reclamações abertas. O assistente não tinha conhecimento e pergunta-me se poderei receber um técnico da MEO em minha casa, para fazer alguns testes, no dia 12 de Junho, por volta das 14h. Fica combinado.
10 de Junho – 08:23 – Fico sem serviço. Contacto a linha de Apoio técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada.
11 de Junho – 17:00 aproximadamente – Sou contactado pela provedoria do cliente da Altice a informar-me que a avaria está resolvida. Informo a assistente de todo o contexto e pergunto se me pode dar alguma garantia de que a avaria está efetivamente ultrapassada e não voltarei a ficar sem serviço brevemente. Nenhuma garantia ou informação adicional me é dada.
12 de Junho – 10:30 – Fico sem serviço durante 15minutos.
12 de Julho – O assistente da Meo que me contactou para analisar as falhas no meu serviço não aparece, embora tenhamos combinado. Nenhuma justificação me é dada.
15 de Junho – 09:32 – Fico sem serviço.
15 de Junho – 10:17 – Continuo sem serviço. Contacto a linha de Apoio técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada com o código 3-421840938107.
15 de Junho – 12:00 aproximadamente – Serviço restabelecido.
15 de Junho – 14:20 – Fico novamente sem serviço. Contacto a linha de Apoio técnico. Sou informado que existe uma avaria comum que afeta vários serviços na minha zona. A avaria fica reportada. A avaria fica reportada com o código 3-421840938107
submitted by Ron858 to portugal [link] [comments]


2020.06.15 05:01 CrazyNectarine [+2000 WORDS] - Wall Of Brazilian Rage

A kind of copypasta/flamewar that I made in 2 hours.

[TEXT]
ESCUTE AQUI O SEU FILHO DA PUTA A.K.A. FILHO DE UMA BOA E GRANDE QUENGA A.K.A. FILHO DE UMA VADIA E ARROMBADA RAPARIGA A.K.A. CHUPADOR DE OVOS PROFISSIONAIS E DEGUSTADOR CONSTANTE DE ESPERMAS EQUINAS E CAPRINAS. SEU ESTUPRADOR DE CABRA E ACASALADOR DE MACACOS DO CARALHO, VOCÊ ACHA QUE PODE FALAR QUALQUER MERDA DE MIM PELA INTERNET E SAIR IMPUNE, SEU DESGRAÇADO? PENSE 2 VEZES, MOCINHA. ASSIM QUE VOCÊ EXPELIU ESSA COLEÇÃO FÉTIDA DE ADUBOS QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTA DE APARENTEMENTE INTITULAR COMO "ARGUMENTO" OU "PALAVRAS", COMO O VERDADEIRO LIXO TÓXICO E RADIOATIVO QUE VC É, SEU ENDEREÇO JÁ ESTÁ SENDO RASTREADO, DIVULGADO PÚBLICAMENTE EM UM SITE DA DEEP WEB RECHEADO DE MANÍACOS, SERIAIS KILLERS, PEDÓFILOS, MEMBROS DE GANGUE, ASSALTANTES DE BANCOS E NAZISTAS QUE, MAIS TARDE, BATERAM NA SUA PORTA, E VÃO TE BOTAR DENTRO DO PORTA MALAS DE UM CARRO, TE LEVAR PRA UM LUGAR DESERTO, E TE TORTURAR PINGANDO VELAS, APAGANDO CIGARROS, CHARUTOS E BECKS DE MACONHA, JUNTAMENTE COM UM MAÇARICO NA SUA PELE, SEU MISERÁVEL DO CARALHO!!!! A SUA PELE VAI FICAR IGUAL A DO FREDDY KRUEGER DE TÃO QUEIMADA QUE ELA VAI FICAR!!!! NO FIM DA TORTURA, VOCÊ VAI SER AFETADO TANTO PSICOLOGICAMENTE, TANTO COMO MENTALMENTE, TANTO COMO FISICAMENTE E INTERNAMENTE, QUE VOCÊ NÃO VAI NEM LEMBRAR DE NADA DO QUE ACONTECEU PRA FALAR SUA POLÍCIA, SEU VERME RASTEJANTE INGERIDOR DE LAMA QUE MORA NO CHIQUEIRO, CHEIRADOR DE COLA DO CARAMBA!!!! VOCÊ MEXEU COM A PESSOA ERRADA, POIS IREI PENETRAR, DESTRUIR E DESABAR TODA SUA INFRAESTRUTURA LENTAMENTE MAIS DO QUE AS TORRES GÊMEAS DESABANDO EM 11 DE SETEMBRO DE 2001 APÓS OS 2 BOEINGS 747'S COLAPSAREM NELAS, Ô SEU FILHO DE UMA PROSTITUTA COM MARCA DE ESPERMA NO SOFÁ, BAFO DE ROLA JAMAICANA, AFRICANA E NIGERIANA NA BOCA CHEIA DE HERPES E PELE INFECTADA COM SIFILIS E CATAPORA, SEU MALDITO SALAFRÁRIO, EU VOU TE MASSACRAR TANTO, COMÉDIA, QUE EU VOU PARTIR SEU CÉREBRO NO MEIO COM UM CUTELO E SERVIR ELE PARA OS MEUS PITBUIS DE ESTIMAÇÃO QUE ESTÃO FAMINTOS E SÃO FORTES SUFICIENTES PARA DERRUBAR UM TOURO, SEU AMALDIÇOADO DO CAPETA, PESO MORTO NA TERRA E DESPERDICIO DE OXIGÊNIO NA HUMANIDADE E ESCÓRIA DA SOCIEDADE!!!! SUA MÃE ENFIA UM FUZIL KALASHNIKOV DA AK 47 NO MEIO DA BUCETA DELA, APERTA O GATILHO ATÉ A MUNIÇÃO ACABAR, E AINDA PEDE PRA ENFIAR UM TANQUE DE GUERRA NO CÚ DELA, SEU FILHO DA PUTA! SEU PAI É UM VELHO ESTÉRIL BARRIGUDO QUE TEM UM CAROÇO NO MEIO DO UMBIGO PARECENDO UMA AZEITONA, SUA MÃE É UMA ANÃ, CHEIA DE UNHA ENCRAVADA, UMA MORCEGO QUE ESPIRROU E ORIGINOU O CORONAVIRUS, TAMBÉM CONHECIDO COMO COVID 19, SEU AGENTE PATÓGENO CAUSADOR DE MICOSE DO CRL!!!! APOSTO QUE VC NEM TEM SANGUE CORRENDO NAS SUAS VEIAS, MAS SIM PUS OU LODO, SEU EX PACIENTE DE SANATÓRIO DO CARALHO!!!! PEDIR DESCULPAS PRA MIM NUNCA SERÁ O SUFICIENTE, SEU FILHO DA PUTA COM UMA CABEÇA DE ELEFANTIASE E TÚMOR PARECENDO ATÉ UM CAPACETE DE MOTO MISTURADO COM O DE ASTRONAUTA!!! VOCÊ TERÁ QUE CHEIRAR MINHA VIRILHA, LAMBER ELA, DEPOIS AJOELHAR NO MEU PÉ, LAMBER MINHAS FRIEIRAS, E BEBER MEU MIJO ENQUANTO DEVORA A MINHA BOSTA, TODA VERDE, COM RESQUICIOS DE MILHO, CENOURA E CAROÇO DE FEIJÃO DENTRO, SEU DESGRAÇADO. MAS AINDA ASSIM, NÃO SERÁ O SUFICIENTE. VOCÊ TERÁ QUE ANDAR PELADO NO POLO SUL, ANDAR AGASALHADO IGUAL UM ESQUIMÓ, CHEIO DE TOCA DE MEDUSA NO DESERTO DO SAARA, ESCALAR O MONTE EVEREST E O VULCÃO DO KILIMANJARO SEM EQUIPAMENTO NENHUM, IR NUMA FLORESTA DO CONGO, MATAR UM GORILA COM SUAS PRÓPRIAS MÃOS, TENTAR PULAR NUM VULCÃO E SOBREVIVER, SEU MOLEQUE, PIVETE E PIRRALHO DO CERTO!!!! VOCÊ NEM UM SER HUMANO RACIONAL DEVE SER, ESTOU CERTO, CABAÇO? VOCÊ DEVE SER UM ANUNNAKI OU UM HOMÚNCULO, SEU EXTRATERRESTRE MECÂNICO E ARTIFICIAL, ABOMINÁVEL, FRAUDE DO CARALHO!!!! TÁ ACHANDO QUE ISSO ACABOU???? ESTÁ COMPLETAMENTE ENGANADO!!!! VOCÊ É UM VIRGEM PERDEDOR QUE É TÃO FEIO E DESFIGURADO QUE SAIU NA RUA E O POVO COMEÇOU A TE PERGUNTAR SE ERA DIA DAS BRUXAS PRA VOCÊ "TÁ USANDO A FANTASIA DO PRÓPRIO DIABO", E VOCÊ, COMO UMA BOA MENININHA E LÍDER DE TORCIDA, CUJO O ESPÍRITO É TÃO FORTE COMO UM PAPEL, DERRAMOU SUAS LÁGRIMAS NA FRENTE DAS PESSOAS, E FOI MOTIVO DE PIADA MAIS UMA VEZ, SEU VICIADO EM NARCÓTICOS E DROGAS!!! E SE VOCÊ NÃO FOR VIRGEM, SAIBA QUE A SUA NAMORADA JÁ RODOU PRA TODO MUNDO DO BAIRRO, A BUCETA DELA PARECE O POÇO EM QUE A SAMARA SAÍA NAQUELE FILME DE TERROR, ISSO SE ELA NÃO FOR AINDA MAIS FUNDO, E PARECER, NA VERDADE, COM AQUELE ABISMO QUE UM CANIBAL JOGOU O CARA NO PÂNICO NA FLORESTA, SEU IMBECIL IDIOTA DE MEIA TIGELA!!!! A BUCETA DESSA SUA NAMORADA PEITO CAÍDO E BUNDA DERRETIDA É TÃO VELHA QUE TEM TEIA DE ARANHAS GRUDADA NELA, IGUAL UMA CASA MAL ASSOMBRADA, A BUCETA DA SUA NAMORADA, MAIS RODADA DO QUE PNEU DE LAMBORGHINI, É MAIS VELHA DO QUE O SARCÓFAGO DE TUTANKÂMON MISTURADO COM O DE AQUENÁTON, O PAI DELE!!! SEU PALHAÇO!!! VOCÊ PROVAVELMENTE NEM SABE QUEM FOI TUTANKÂMON PORQUE SÓ USA A INTERNET PRA PESQUISAR HENTAI E PORNOGRAFIA INFÂNTIL, E FOI, NESTE EXATO MOMENTO, PESQUISAR O QUE EU ACABEI DE CITAR, SEU DOENÇA DE MORCEGO!!! SUA TIA TRABALHA RODANDO BOLSINHA NO CARREFOUR, CUJA XERECA FEDE MAIS DO QUE UM BACALHAU E É MAIS RADIOATIVO DO QUE O ACIDENTE DO CÉSIO 137 MISTURADO COM O XERNOBYL, FUSIONADO COM O ACIDENTE DE PRIPYAT, SEU VACILÃO MELA CUECA!!!! NÃO É ATOA QUE O SEU TIO, PRA COMER AQUELA PORCARIA, TEM QUE USAR UMA MÁSCARA DE GÁS OU USAR A MÁSCARA DE UM DOUTOR DA PRAGA, SEU COMÉDIA!!! SUA PRIMA MASTURBA AQUELA BUCETA VERDE, IMUNDA E CARNUDA DE OGRO COM PARABRISA DE CARRO E AINDA FALA QUE NÃO TÁ SATISFEITA, E QUE PRECISA QUE ENFIEM ALI UMA BAZOOKA RPG 7, UM CANHÃO, UMA CATAPULTA E UMA LÂMINA DE GUILHOTINA, SEU CRACUDO, MACONHEIRO E NOIADO QUE MORA DEBAIXO DA PONTE!!!! SEU AVÔ TEM UMA BARBA IGUAL A DO PAPAI NOEL, A DO RASPUTIN E A DO OSAMA BIN LADEN, AQUELE VELHO BROXA CADEIRANTE QUE VIVE ASSISTINDO PADRINHOS MÁGICOS E BARNEY SOZINHO NA SUA PRÓPRIA CASA NA SUA TELEVISÃO DE TUBINHO COM 2 ANTENINHAS TORTAS, IGUAL A DO SIMPSONS, SEU COTOCO TETUDO DO CARALHO!!!! VOCÊ PROVAVELMENTE VAI LÁ NA CASA DELE PRA TOMAR REMÉDIOS DEPOIS DE LER A MINHA FÚRIA RESUMIDA EM PALAVRAS, É OU NÃO É, SEU FILHO DA PUTA MICROCÉFALICO ACÉFALO SEM MASSA ENCEFÁLICA DO CARALHO? UMA VEZ QUE A CASA DO SEU AVÔ PARECE UMA FARMÁCIA DE TANTO REMÉDIO QUE TEM E TANTO REMÉDIO QUE ELE TOMA, VOLTA PRO INFERNO DA ONDE VC NUNCA DEVIA TER SAÍDO, O PEITO DA SUA PRIMA É MAIS QUADRADA DO QUE UM BOOMBOX, AQUELES DA ÉPOCA DE 80, SEU PESO MORTO DO CACIMBA!!! A BUCETA DA SUA MÃE PISCA MAIS DO QUE UMA DISCOTECA, CABE UM HOLOFOTE, O DJ, AS LUZES, OS BALCÕES DE BEBIDA, E A TAVERNA, E O BAILE INTEIRO, SEU MERDA!!!! UM PEIDO QUE SAIU DESSE MALDITO CÚ ESPAÇOSO DO SEU IRMÃO FOI QUEM DERRUBOU O MURO DE BERLIM, SEU MERDA. ATÉ HITLER TINHA MEDO DA MENTE DOENTIA E DISTORCIDA DA SUA MÃE, AQUELA SABOTADORA DE BUTECO QUE BOTAVA VENENO DE RATO E CIANETO NA BEBIDA DOS VELHOS APOSENTADOS E FRACASSADOS QUE FICAM ALI, SEU MERDA!!!!! SUA NAMORADA (SE VC N FOR VIRGEM, É SEMPRE BOM LEMBRAR) TEM A BUCETA LOTADA E INFESTADA DE VERMES, GERMES, LARVAS, MIASES, CASA DE NINHO DE MARIMBONDO E MAIS UM FRASCO DE SBP PERDIDO QUE ELA ENFIOU ALI QUANDO FICOU COM MUITO TESÃO 1 DIA E DESCOBRIU A MASTURBAÇÃO PELO PRIMEIRO DIA, SEU MOSQUITO DE ÁGUA PARADA E PORRA LOCA!!!! SEU CORPO PARECE UM ESPERMATOZOIDE, FININHO E SÓ TEM A CABEÇA PONTUDA, MAS COM CERTEZA NÃO VAI SER A DE BAIXO, TÃO SEBOSA QUE PARECE UMA FÁBRICA DE QUEIJO COALHO, GORGONZOLA E PARMESÃO, SEU LEPROSO QUE AINDA CHUPA CHUPETA E MAMA MAMADEIRA, VAI DÁ MEIA HORA DE CÚ QUE VC GANHA MAIS, SEU CORPO É TÃO DESPRAZEROSO QUE NEM DEMÔNIOS QUEREM POSSUIR ELE!!!!! VC NÃO PASSA DE UM RATO QUE SAIU DO POÇO QUERENDO PASSAR LEPTOSPIROSE PARA ALGUÉM, MAS COMIGO AQUI, A ÚNICA COISA LEPTOSPIROSE QUE EXISTE É A QUE EXISTE NA XERECA DA SUA IRMÃ, AQUELA PUTA QUE PARECE O MESTRE SPLINTER TREINANDO OS TARTARUGAS NINJAS NO ESGOTO!!!!! RESPEITA OU PEITA, SEU TESTICULO DE ALMONDEGA E PIROQUINHA DE MACARRÃO PENNE DOS INFERNOS!!!! CÊ TÁ FODIDO E VAI COMER O PÃO QUE O DIABO AMASSOU NA PALMA DA MINHA MÃO!!!! VOU TE TRANCAR NUM SÓTÃO, TE TORTURAR, TE AMARRANDO COM CORRENTES, E SÓ TE ALIMENTAR A BASE DE PÃO, ÁGUA, SANGUE DE CACHORRO, RAÇÃO, E A MINHA ESPERMA DEPOIS QUE A MODELO MAIS GOSTOSA DO MUNDO, QUE JÁ POSOU NA VICTORIA SECRET E NA PLAYBOY, MASTURBAR ELA PRA MIM, SEU CAFAJESTE!!!! EU NÃO AMEAÇO, EU FAÇO E DEIXO A MISSÃO CONCLUÍDA, SEU FILHO DE UMA PUTA CHORADEIRA DO CARALHO!!!! VOCÊ NÃO PASSA DE UMA CHIHUAHUA ABANANDO O RABINHO, LATINDO, E MOSTRANDO ESSA BOCA PRETA COM UMA FILEIRA DE DENTES PARECENDO UM ESPINHO DE CACTO, VOCÊ É TÃO FEIO QUE A SUA MÃE PREFERIU AMAMENTAR A PLACENTA, A PRÓPRIA TRIPA E OS ÓRGÃOS INTERNOS, MAS NÃO QUIS ALIMENTAR VC, SEU PATO SENTADO E ALVO FÁCIL DE ATACAR!!!! SEU PAI NÃO PASSA DE UM CORNO, MAL SABENDO AS LANÇAS, CIPÓS, CASSETETES E TACO DE BASEBALL QUE OS NEGÕES NO CLUBE E NO CASSINO SEMPRE ENFIAM NELA DEPOIS DE GANHAR UMA APOSTA JOGANDO ROLETA RUSSA OU PÔKER, SEU DESIDRATADO DESNUTRIDO RAQUÍTICO COM OS ESQUELETOS APARECENDO DO CARALHO!!!! EU VOU PEGAR UMA SAI, AQUELA ESPADA, ENFIAR NO SEU ESTÔMAGO E GIRAR QUE O SEU INTESTINO SAIA NELA, DEPOIS, DECAPITAREI SUA CABEÇA COM UMA KATANA E VOU OFERECER ELA PARA UM TIGRE FAMINTO DAS FLORESTAS NEPALESAS. COMO RESULTADO, ELE VAI DEVORAR TANTOS SERES HUMANOS E FICAR VICIADO POR TANTA CARNE HUMANA, QUE VAI SER MAIS PROLÍFICO E FAZER MAIS VITIMAS DO QUE O TIGRE DE CHAMPAWAT, E O CAÇADOR QUE CONSEGUIR MATAR ESSE TIGRE, TERÁ O DESAFIO DE COMER A SUA MÃE SEM TER O PAU INFECTADO DE DOENÇAS OU COMPLETAMENTE BROXADO DEVIDO A FEIURA DELA, O QUE VAI SER UM DESAFIO IMPOSSÍVEL, E ATÉ ESSE CAÇADOR CASCA GROSSA VAI SE SUICIDAR, PEGANDO O SEU RIFLE DE PRECISÃO, MIRANDO E DANDO UM TIRO NO PRÓPRIO PEITO, SEU CORNO MANSO DESGRAÇADO!!!! VC NÃO PASSA DE UM CHEIRA COLA QUE VIVE NO TERREIRO DE MACUMBA COMENDO UM CAPIM QUE CAVALOS FAZEM AMOR E PISAM, CAGAM E URINAM TODO DIA, SEU FILHO DA PUTA!!!! NUMA BRIGA DE RUA, EU FAÇO A SUA CAVEIRA SER CONCUSSIONADA, FAÇO TUA CARA ENTRAR PRA DENTRO, E ARRANCO TODOS OS SEUS DENTES, DEPOIS, DOO ESSES DENTES PARA SEREM COLOCADOS EM PESSOAS BANGUELAS E NECESSITADAS, QUE VC MORRA EM UM ACIDENTE DE CARRO, E CASO AINDA NÃO DIRIGIR, QUE VC TENHA UM ANEURISMA QUANDO TIVER CAGANDO, PORQUE TODO CAGA, ATÉ UM VERME FRACASSADO COMO VC, SEU INÚTIL PATETA, PALERMA E PACHÁ!!!! MAS, DE FATO, COMO SEI QUE VC É UM FRANGO DEPENADO, SEM A MENOR CAPACIDADE DE DESFERIR UM SOCO, E CORAGEM PARA APARECER NUMA BRIGA, TUDO QUE EU IREI FAZER, VAI SER EU MESMO IR AI NA TUA PRÓPRIA CASA, E ENCOMENDAR UM TERRORISTA DO AL QAEDA PARA ESTACIONAR UM CAMINHÃO BOMBA, UM CARRO BOMBA E ATÉ MESMO UM ONIBUS E AVIÃO BOMBA EM FRENTE A SUA CASA, ESSE BARRACO COM MAIS RACHADURAS DO QUE UM SERTÃO NORDESTINO, SEU INSETINHO BARATA SANGUESSUGA E ALVO DE ZOAÇÕES, A TUA TESTA PARECE UMA LÁPIDE DE CEMITÉRIO, VC NÃO PASSA DE UM VANDÂLO QUE PIXA O PRÓPRIO CÚ E ESFREGA NA PAREDE, SEU ESQUIZOFRENICO MENTAL DO CARALHO!!!! VOCÊ BATE MAIS PUNHETA MAIS RÁPIDO DO QUE UM BEIJA FLOR VENDO LAVAGEM DE INTESTINO E SEXO DE HAMSTER, VOCÊ É MAIS FEIO DO QUE BATIDA DE CAMINHÃO E AUTÓPSIA DE SAPO, SEU PIADA HUMANA QUE TEM 500 PARAFUSOS A MENOS!!!!! SEU NEURÔNIO JÁ FOI QUEIMADO E SEU SISTEMA NERVOSO TÁ PARALISADO, SEU PEDAÇO DEFECADO DE HOMÚNCULO!!!! AQUELE CASTRADO NERD DO SEU IRMÃO AMOSTRA O PRÓPRIO CORPO NA PONTE RIO NITEROI PRA GANHAR GORJETA, MAS É ÓBVIO QUE NGM, EM SUA SÃ CONSCIÊNCIA, NÉ, SEU MONGOLOIDE, VAI DESPERDIÇAR A SUA PRECIOSA GORJETA EM UM CORPO QUE JÁ SOBREVIVEU MAIS TRAUMAS DO QUE O JASON DO SEXTA FEIRA 13, SUA MÃE É TÃO PESADA QUE O GODZILLA, OS VINGADORES E A LIGA DA JUSTIÇA INTEIRA NÃO CONSEGUIRIAM LEVANTAR ELA, SEU PEDAÇO DE MERDA ESMAGADO POR UM SAPATO!!!! QUE VC QUEIME EM ACIDO SULFÚRICO E QUE SUA CARCAÇA SEJA CONGELADA EM NITROGÊNIO, ESSA MINHA EXPLOSÃO FOI MAIS FORTE DO QUE A DA UMA DE BOMBA NUCLEAR, SEU BOSTINHA!!!! NO FIM DESSE TEXTO, SAIBA QUE VC É TÃO INSUPORTÁVEL E DESPREZÍVEL QUE NEM ÁTOMOS TE ACOMPANHAM E FICAM PRÓXIMO DA ONDE VC ESTÁ, SEU VAGABUNDO, INCAPAZ E FRACASSADO DO CARALHO. SEJA DESINTEGRADO, E NUNCA MAIS EXISTA NESSE UNIVERSO, SEU MERO MICRÓBIO.
submitted by CrazyNectarine to copypasta [link] [comments]


2020.06.12 01:00 pastoraraquel Eu sou babaca por não querer ajudar meu ex quando ele fez uma live tentando se suicidar?

oi luba lindo cheiroso, a história começa desde dezembro de 2019 e o capítulo mais recente aconteceu ontem, eu tenho certeza que pode dar uma briga muito grande por eu estar expondo tudo aqui, mas isso é uma coisa que tá me deixando péssima e eu não aguento mais me culpar por conta disso. Dia 03/10/2019 o meu ex resolveu que queria romper nosso relacionamento, rompemos foi um término amigável até, não brigamos mas também não continuamos a amizade. Depois desse dia nós brincamos de casal vai e volta diversas vezes e eu ainda me culpo por ter dado liberdade a ele de entrar e sair da minha vida a hora que ele bem entender, depois do primeiro término nós tivemos aproximadamente 4 términos, no total ele terminou comigo 5 vezes. Em umas das vezes que nos falamos depois do término foi por que perguntaram dele na minha caixinha de perguntas e eu respondi, falei que ele ficava saindo e voltando da minha vida, mesmo estando aparentemente com uma garota e ele respondeu meu story basicamente como se quisesse lavar roupa suja (tem print) mas a conversa acabou logo. No começo de Maio eu consegui o número dele e eu era muito dependente emocional dele e por isso me senti obrigada a mandar mensagem, eu me forçava a acreditar que nós iríamos ficar juntos sendo que eu não sentia mais nada por ele além de dependência emocional, eu mandei mensagem pra ele, nós conversamos e resolvemos entrar em call, falamos sobre tudo que aconteceu até que ele começou a forçar entrar em um assunto que na minha cabeça não tinha sentido nenhum. Ele começou com "se eu te contar uma coisa, você acredita?" eu disse que dependia e até fiz uma piada com isso, mas ele nem riu só continuou com o assunto "a minha mãe prefere me apoiar com o meu primo só por que não é uma garota" (ele é trans só que os pais não acreditavam) e eu fiquei em choque, por que na minha visão isso é uma coisa absurda, continuamos nesse assunto e eu tentando ao máximo ajudar ele e então ele solta "eu queria te dizer que, eu terminei com você por causa dele, no dia que eu tava na casa da minha tia e sumi eu fiquei com ele, e tô te falando agora por que não aguento mais mentir pra você, eu te traí" e eu fiquei em choque né, por que na minha cabeça ele poderia ser TUDO menos traidor. Eu só mutei a chamada e respirei fundo, eu não queria chorar na frente dele e depois de um tempo ele tava chorando pedindo desculpas e eu CONSOLANDO ele falando que tava tudo bem, que isso tudo já tinha passado, depois disso a gente fez call mais uns dias e eu acabei confundido dependência emocional com amor, eu falei pra ele que gostava dele e ele disse que ia ser sincero comigo. Ele basicamente disse "eu amo o meu primo, e eu espero mesmo que a gente de certo, ele me entende e somos lindo incestuosos juntos 😍" não foi bem desse jeito mas foi quase isso, eu fiquei triste pra caralho né, pq ser corna já é foda ver seu ex se dando bem com a pessoa que ele te traiu enquanto vc tá na merda é mais foda ainda. Depois disso eu agradeci por ele ter terminado comigo e dei block, um booom tempo depois eu percebi que a única coisa que eu sentia pelo meu ex era obrigação de ajudar ele por eu ter feito isso por muito tempo e dependência emocional, depois de uns dias tentando me entender e ter certeza do que eu queria eu resolvi tentar de novo com um menino que eu estava sentindo algo faz um dia, eu tava reprimindo esse sentimento por achar que eu TINHA que continuar gostando do meu ex por que lá na frente a gente com certeza iria dar certo, mas depois de sofrer esse choque de realidade eu resolvi seguir em frente e tentar com esse garoto (meu atual namorado agora e caralho a melhor coisa que eu fiz foi isso). Ontem 10/06/2020 muita gente me mandou mensagem falando que meu ex estava fazendo uma live cortando o pescoço e chorando demais, tipo ele tava fazendo um suicídio ao vivo, eu entrei no Instagram pra tentar fazer alguma coisa e eu acabei vendo um texto que ele tinha me mandado a umas horas atrás e eu me senti extremamente culpada, por que se eu tivesse lido esse texto (tem print) eu poderia ter impedido ele de fazer uma merda dessas, eu falei com a namorada dele mandei mensagem e fiz o meu MÁXIMO pra tentar ajudar em alguma coisa pra tirar essa culpa de cima de mim, mas mesmo assim muitos dos seguidores dele ficaram me mandando mensagem no estilo de "a culpa foi sua" por que eles juraram que ouviram ele falar de mim na live (a qual eu não vi, só fiquei sabendo pelas pessoas que falaram pra mim). Eu surtei e postei algo como "tudo que eu tinha que fazer a respeito disso, eu já fiz, parem de me relacionar a ele, parem de me mandar mensagem falando sobre ele, eu nem sequer sou amiga dele, obrigada", depois desse post muita gente me chamou de egoísta e disse que eu não tava me importando com uma vida, mas acontece que não foi a primeira vez que ele tentou suicídio e me mandou ou postou alguma coisa diretamente pra mim e fez eu me sentir culpada, eu tava esgotada mas NINGUÉM conseguia enxergar isso, eu aguentei aí meu máximo só que agora eu realmente não sei se eu consigo agir como boa samaritana e ajudar ele como eu sempre faço, pra no final ele só pisar em mim como se eu não fosse um nada. Aliás ele me mandou mensagem quando soube do meu namoro, falando que o negócio com o primo dele era tudo mentira e que ele só queria uma desculpa pra se afastar de mim, o que eu achei bem sem nexo pq ele já se afastou de mim várias vezes e não é como se dessa vez ele precisasse de uma desculpa pra ir embora, no texto ele também fala que nunca me traiu e que foi tudo mentira, eu realmente não consigo entender ele e tô parando de agir como um ser humano e me importar ao extremo com isso, me culpar e me rebaixar por uma culpa que ele joga em mim. Eu fui babaca por jogar tudo pro alto e simplesmente parar de me importar com tudo isso?
http://imgur.com/gallery/JzbEALW
View Poll
submitted by pastoraraquel to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.08 15:56 CagayPraVida Falso webnamoro

A história é longa, mas espero que gostem.
Hey, people! É o seguinte, jogo lol a muito tempo, desde que lançou, e nessa época que aconteceu está história tinha dado um tempo por ter enjoado de jogar todos os dias; eu também estava sem celular, porque o meu estava ruim e precisava consertar. Só descobri que isso realmente aconteceu ano passado, quando voltei a jogar, depois de ter parado por quase quatro anos diretos, não sei ao certo.
(Contexto)
Como todo jogo online, tem a galera que é de boa, tem a galera que faz de tudo para conseguir skin, tem a galera tóxica e a galera que webnamora (eu fazia parte desta última comunidade). Em mais ou menos 2014 conheci um garoto, vamos chamá-lo de Carls e nós nos aproximamos muito rapidamente, chegando em um ponto que o considerava melhor amigo. Morávamos no mesmo estado, na mesma cidade e ficamos com aquele fogo de nos encontramos pessoalmente e sermos amigos de fato, não só virtualmente. Com o passar dos meses nossa comunicação e, consequentemente, confiança foram aumentando ainda mais, até chegar o momento de eu começar a me abrir sobre meu relacionamentos familiares, sentimentos pessoais, que raramente eu contava aos outros e tals. E depois de um tempinho, mesmo ainda não nos visto ainda, ele disse que estava gostando de mim e queria algo além de uma amizade, mas eu não o via deste jeito, o considerava como irmão. Passou um tempo, depois de um término de namoro do qual eu nunca queria lembrar. O Carls viu uma oportunidade e me pediu em namoro novamente e eu aceitei e ficamos webnamorando por um tempo, mas depois terminamos. Isso aconteceu mais duas vezes e não deu certo até desistirmos de fato. Mas na última vez foi o período que dei um intervalo no lol e estava sem celular. Basicamente ele conheceu um cara (vamos chamá-lo de Farls), que para acreditar em tudo, estava aparentemente carente e queria uma namorada, nem que fosse somente pela internet.
Como Carls e eu fomos amigos por um bom tempo, ele sabia muita coisa de mim e acabou usando isso a seu favor. Neste tempo que não jogava ou usava o celular, meu amigo e ex webnamorado (Carls) começou a webnamorar o Farls pela minha conta do lol, com meu nome e com as minhas situações. Houve um tempo da minha vida em que eu estava com depressão e ansiedade e tals e acabei contando essa situação a ele, para tentar desabafar um pouco. No webnamoro entre Carls e Farls (que trabalhava e tinha dinheiro) eles conversavam e tals, mas meu ex webnamorado contava as coisas que já tinham acontecido comigo, como por exemplo, meus problemas familiares, um relacionamento abusivo que eu tinha com um garoto e sobre a minha depressão. Com essas situações ele ficava comprando o Farls para que ganhasse skins todas as semanas na conta que era realmente dele (ele dava desculpas sobre a minha conta está sendo rackeada e não poderia arriscar, até porque poderia perde-la). Resumindo, uma pessoa que eu confiei acabou enganando outra para conseguir skins no lol. EU nem sei como isso tudo aconteceu de fato, mas é isto. Mês passado conversei com o Carls sobre ele ter feito isso e ele disse que aconteceu porque ele queria e assim fez, além de ficar fazendo piada com a minha depressão, relacionamento abusivo e com a minha TAG (problema de ansiedade que eu tenho hoje em dia).
submitted by CagayPraVida to TurmaFeira [link] [comments]


116/07 - TER UMA SUBMISSA É COMO TER UMA NAMORADA?  Papo com Gladius COMO CONSEGUIR UMA NAMORADA - YouTube Como é ter uma namorada surda? - YouTube 12 Dicas Para Arranjar Uma Namorada - YouTube GTA V - COMO ARRUMAR UMA NAMORADA PARA FRANKLIN😍 - YouTube COMO ARRUMAR UMA NAMORADA EM 15 SEGUNDOS #MathResponde ... COMO ARRUMAR UMA NAMORADA EM 5 MINUTOS #2 - YouTube FINGI SER UMA CRIANÇA E CONSEGUI UMA NAMORADA... - YouTube COMO CONTAR UMA PIADA ? - YouTube Eu Namoro Uma Bi!? #GenerosResponde

Como arranjar uma namorada Um guia para conquistar seu ...

  1. 116/07 - TER UMA SUBMISSA É COMO TER UMA NAMORADA? Papo com Gladius
  2. COMO CONSEGUIR UMA NAMORADA - YouTube
  3. Como é ter uma namorada surda? - YouTube
  4. 12 Dicas Para Arranjar Uma Namorada - YouTube
  5. GTA V - COMO ARRUMAR UMA NAMORADA PARA FRANKLIN😍 - YouTube
  6. COMO ARRUMAR UMA NAMORADA EM 15 SEGUNDOS #MathResponde ...
  7. COMO ARRUMAR UMA NAMORADA EM 5 MINUTOS #2 - YouTube
  8. FINGI SER UMA CRIANÇA E CONSEGUI UMA NAMORADA... - YouTube
  9. COMO CONTAR UMA PIADA ? - YouTube
  10. Eu Namoro Uma Bi!? #GenerosResponde

LEIA A DESCRIÇÃO PARA GANHAR UM COOKIE Quem tava com saudades de gameplay de Club Penguin no canal? Essa ta bem interessante, você vai entender porque. ... O namoro, assim como o noivado e o casamento são relações do mundo baunilha. A interação de uma pessoa submissa com uma dominante já é algo que ocorre no universo BDSM. Existe alguma ... Se quiserem participar da proxima e só ficar de olho na Page oficial do canal galera TMJ Agatha: FacesBook: https://www.facebook.com/agatha.rezende.3?fref=ts... Nesse vídeo eu sai pelo parque tentando arrumar uma namorada em 15 segundos e incrivelmente uma menina topou, além do #mathresponde que eu respondi todas duv... Como todos vocês sabem o Franklin tinha uma namorada no inicio do jogo, mas ela o abandona, deixando assim então sozinho. Mas hoje iremos dar lhe uma nova na... Neste vídeo, o namorado da Tainá explicou como é namorar uma surda . Espero que gostem! ♥ INSTAGRAM: @ThataMNZ https://www.instagram.com/thatamnz Quer saber como conseguir uma namorada? Então se liga nas 5 dicas para arranjar namorado que eu sep... Como arranjar uma namorada. Você é um cara solteiro que está a fim de mudar esse status? Tem poucas amigas porque não sabe como conversar com mulheres, mas q... Fernando Muylaert foi até o risadaria para aprender a como Contar uma boa piada. EntraNessaPorra.com Co-produção MUY PRODUÇÕES E UOL pedindo garotas em namoro parte 2, como o primeiro vÍdeo atingiu a meta de 300 mil visualizaÇÕes nada mais justo do que eu fazer a parte 2 e passar mais verg...